Fora da Toro Rosso, Vergne enxerga IndyCar como possibilidade de futuro

Em entrevista à revista 'Racer', o francês diz que vê a Indy como um 'grande campeonato' e mostra interesse em rumar aos EUA

Vergne deixou a Toro Rosso ao final da temporada 2014
Fora da Toro Rosso desde a última semana, quando anunciou a saída da escuderia, Jean-Eric Vergne já mira uma nova competição para guiar. Neste sábado, em entrevista à revista ‘Racer, o piloto francês admitiu ‘flertar’ com a Fórmula Indy, competição, ao seu ver, atrativa para a sequência da carreira no mundo do automobilismo.
 
[publicidade]“Estou realmente interessado em correr na América e na IndyCar, é um grande campeonato. Já se sabia que a Toro Rosso não é uma equipe em que se pudesse ficar muito tempo, mesmo batendo os colegas”, discursou o piloto francês, com a necessidade de autoafirmação depois da saída da Fórmula 1. 
 
“Vejam onde está o Daniel Ricciardo, o que ele fez esse ano e o que tenho feito. Estou confiante que poderia fazer o mesmo. Saio com um gosto amargo e, embora tenha outras hipóteses na Fórmula 1, quero lutar por vitórias, até mesmo em outros campeonatos”, disse.
 
Jean-Eric Vergne perdeu espaço na Toro Rosso. Aos 25 anos, o piloto francês viu a equipe optar por novas revelações para o próximo ano: o holandês Max Verstappen, de apenas 17 anos, e o espanhol Carlos Sainz Jr, de 20. 
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias