Fora do Q3, Sauber e Toro Rosso torcem por chuva neste domingo

Pérez, Kobayashi e Ricciardo ganharam uma posição pela punição a Maldonado. De la Rosa se envolveu em acidente

Kobayashi neste sábado em Interlagos

O meio para o final do pelotão foi marcado por outra classificação ruim da Sauber, que espera chuva para ganhar terreno na corrida deste domingo. A Toro Rosso também espera chuva para chegar nos pontos em Interlagos.

Sergio Perez, Sauber, 12º: “Minha volta mais rápida foi boa, então acho que nossa posição reflete o que é possível fazer com o carro. Quando a pista estava úmida, éramos muito competitivos. Mas depois estava completamente seco e perdemos posições.”

Kamui Kobayashi, Sauber, 14º: “Minha volta mais rápida não foi perfeita porque o aquecimento dos pneus não foi bom. Perdi um pouco do potencial dos pneus ali. Acho que em condições de pista úmida teríamos chances de entrar no Q3. Na verdade, torço para que chova amanhã.”

Daniel Ricciardo, Toro Rosso, 15º: “Tivemos mais ou menos o mesmo ritmo desde o início da sexta-feira. Quando começou a chover, esperava que continuasse para que tivéssemos mais chance. Na verdade, optei por um acerto que vai ser melhor para estas condições na corrida. Se chover, acho que podemos definitivamente lutar por pontos amanhã.”

Jean-Eric Vergne, Toro Rosso, 17º: “Não foi tão ruim, dado que tive dificuldades com o acerto desde ontem. Talvez pudesse ter sido um pouco mais rápido, mesmo se não tivesse cometido nenhum erro, mas provavelmente não o bastante para melhorar minha posição. Nosso carro definitivamente estava melhor quando fazia mais frio, o que é encorajador para a corrida.”

Vitaly Petrov, Caterham 19º: "Estou muito satisfeito com o resultado de hoje. Não foi o bastante para entrar no Q2, mas nas condições do tempo, acho que podemos estar felizes com nossa posição. Amanhã será realmente interessante - nós mostramos ontem e hoje que a diferença para os carros da frente é um pouca aqui”.

Heikki Kovalainen, Caterham, 20º: "No início do Q1 foi bastante complicado, porque havia alguma água parada na pista. No final, os tempos continuaram a baixar e tivemos a chance de entrar no Q2, mas podemos estar razoavelmente feliz com a forma como terminou”.

Timo Glock, Marussia, 21º: "Foi uma classificação divertida e incomum hoje. No primeiro par de voltas, quando estava muito escorregadio, eu simplesmente fui mais rápido do que os caras ao meu redor. Quanto à corrida de amanhã, será algo desconhecido por causa do tempo. Será  um dia muito emocionante para os fãs".

Charles Pic, Marussia, 22º: "Esta é outra pista nova para mim e eu estava feliz com o nosso ritmo no treino livre pela manhã. Infelizmente, as condições mudaram muito para a classificação, com a pista molhada no começo e depois molhada. Essa experiência foi útil, pois aprendi para o futuro”.

Narain Karthikeyan, HRT, 23º: "Fizemos um bom trabalho com o carro esta manhã,e o fato de a temperatura da pista ter sido menor do que ontem nos ajudou em relação à degradação dos pneus. Mas antes da classificação começou a chover e não tínhamos a certeza se era para usar pneus intermediários ou slicks. Decidimos usar slicks e foi a coisa certa a ser feita.

Pedro de la Rosa, HRT, 24º: Nosso carro era competitivo e certamente poderia ter ido melhor, mas fui atingido quando estava em volta rápida. Foi uma manobra perigosa, porque eu não podia mudar de lado, dadas as condições da pista. Como uma consequência do impacto, tive o pneu traseiro furado”. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias