"Força mental" explica bom desempenho em classificação, diz Pastor

Venezuelano, que colocou a Williams por cinco vezes no top 5 neste ano, diz que tira "mais de 100%" por confiança da equipe

Pastor Maldonado colocou a Williams entre os 10 melhores na classificação em 10 oportunidades no ano. Em cinco GPs, conseguiu largar entre os cinco primeiros. Comparando com o companheiro, Bruno Senna, a vantagem está em 16 a 2. Para o venezuelano, a boa performance aos sábados tem uma boa dose de força mental, além do apoio que sente da equipe e de um bom acerto.

“Acho que é algo mental. Sou muito forte mentalmente para ser honesto. Não existe uma volta perfeita, sempre dá para melhorar”, afirmou ao blog de James Allen. “O que aprendo no Q1 aplico no Q2; o que aprendo no Q2 tendo fazer no Q3. Tento acertar tudo na última parte e é por isso que vou muitas vezes para o top 3, top 5, porque eu tento obter mais de 100% de eu mesmo, do carro, das pessoas ao meu redor.”

O piloto credita à equipe parte de seu sucesso em classificações. “A classificação é muito importante porque, largando entre os cinco primeiros, seu final de semana muda completamente. Sinto que a concentração é muito alta. A comunicação também é muito boa. Eles acreditam no que eu sinto do carro, eles me seguem, e isso é muito importante. Quando o piloto sente que tem 100% de apoio, consegue dar mais de 100%.”

Outro fator é a configuração do carro. “Trabalho duro com o lado técnico também, tentando melhorar coisas em particular. Gosto de um carro neutro, que não saia de frente ou de traseira, então sou muito preciso com o acerto.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Pastor Maldonado
Tipo de artigo Últimas notícias