Force India ainda tem esperança de bater McLaren

Mesmo com performances ruins nas últimas provas, equipe ainda acredita que possa ser quinta entre os construtores

Com 14 pontos atrás da McLaren agora no mundial de construtores, a Force India tentará recuperar sua boa forma do início do ano nas últimas seis provas desta temporada. Para o dono do time, Vijay Mallya, o fim de semana em Cingapura poderia ter sido muito melhor não fosse o acidente de Paul di Resta, mas o indiano encarou situação pelo lado bom.

"Voltamos de Cingapura com sentimentos distintos", disse Mallya.

"O positivo é que Adrian conseguiu um ponto, e isso é bom considerando onde ele começou a corrida. Por outro lado, perdemos uma oportunidade de ouro para marcar mais alguns pontos com Paul, que potencialmente poderia ter terminado em sexto lugar. Seu abandono a sete voltas do final custou caro e não nos ajudou em nossa batalha contra a McLaren.”

Com a McLaren chegando em sétimo e oitavo em Marina Bay, o dirigente prega a concentração por parte do time. "Como equipe, devemos nos focar os aspectos positivos. No entanto, [não podemos esquecer] o ritmo de corrida competitivo, a boa gestão dos pneus e as chamadas que fizemos com a estratégia.”

"A Coreia, em duas semanas, será a chance de nos reagruparmos e mantermos nosso espírito de luta", finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Paul di Resta , Adrian Sutil
Tipo de artigo Últimas notícias