Force India anuncia piloto reserva e chances de Nasr diminuem

Piloto brasileiro, que espera fechar com a F-1 para a próxima temporada, reconhece que pode seguir na GP2

O anúncio de Daniel Jucadella como piloto reserva da Force India nesta sexta-feira representa uma vaga a menos para o brasileiro Felipe Nasr ingressar na Fórmula 1. O piloto, que disputou duas temporadas na GP2, foca em fazer sua estreia na categoria principal, como reserva ou piloto de testes, nesta temporada.

Até o momento, além de Force India, Caterham, Sauber, Red Bull e McLaren anunciaram quais serão seus reservas, restando vagas em Williams, Ferrari (que deve dividir as funções entre Pedro de la Rosa e algum piloto de seu programa de desenvolvimento), Mercedes, Toro Rosso, Lotus e Marussia.

“O plano agora é tentar ser terceiro piloto de alguma equipe média. A maioria das equipes oferece de sete a dez treinos de sexta-feira, mas isso ainda seria muito pouco, então temos uma vontade  também de continuar na GP2”, declarou Nasr, que esteve na categoria de acesso em 2012 e 2013, à Rede Globo recentemente.

O papel de reserva ganha visibilidade neste ano com o retorno dos testes durante a temporada, aumentando as chances de ocupar as vagas dos titulares e ganhar quilometragem. Também é importante estar a par das mudanças relacionadas ao novo regulamento da Fórmula 1, com motores híbridos turbo V6, que estreia em 2014.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias