Force India: Baku foi o pior e o melhor momento da temporada

Chefe de operações da Force India elogia time pelo ano, mas lembra de oportunidade perdida no Azerbaijão

O dramático e emocionante GP do Azerbaijão foi o melhor e o pior momento da temporada de 2017 para a Force India segundo o diretor de operações da equipe. Otmar Szafnauer lembra com pesar o toque de Sergio Perez e Esteban Ocon após um Safety Car no meio da prova. Os danos do contato acabaram tirando o mexicano da prova, enquanto que o francês, que furou o pneu, conseguiu ainda ser o sexto.

"Provavelmente a corrida em Baku conta para ambos (ponto alto e ponto baixo)", disse Szafnauer.

"Nosso carro era muito forte naquele fim de semana e a oportunidade perdida de um pódio duplo foi difícil de engolir. No entanto, estou orgulhoso da forma como nos recuperamos destes momentos difíceis e mostramos um espírito de equipe unificado. Foi um destaque real da temporada."

Szafnauer elogiou a equipe técnica da Force India pelo desenvolvimento do VJM10, que ajudou o time a conseguir um segundo quarto lugar consecutivo entre os construtores na F1.

"Não me lembro de um ano em que trouxemos tantas peças novas para a pista", disse ele. "Em quase todas as corridas havia algo diferente no carro.”

"No segundo semestre de 2017, nós demos alguns passos de desenvolvimento significativos e emergimos como a quarta equipe mais rápida na maioria das corridas após as férias de verão.”

“Mesmo quando garantimos o quarto lugar, conseguimos continuar trazendo peças de desenvolvimento de 2018 para o carro para ajudar nosso aprendizado para o próximo ano."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias