Force India critica proposta de motor da F1 para 2021

compartilhar
comentários
Force India critica proposta de motor da F1 para 2021
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
Traduzido por: Gabriel Lima
22 de nov de 2017 16:41

Para diretor de operações do time indiano, possível padronização de unidades não será bom para o esporte

Otmar Szafnauer, Force India Formula One Team Chief Operating Officer and Chase Carey, Chief Executive Officer and Executive Chairman of the Formula One Group
Otmar Szafnauer, Sahara Force India Formula One Team Chief Operating Officer and Dr Helmut Marko, Red Bull Motorsport Consultant
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08, Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H, Max Verstappen, Red Bull Racing RB13, Fernando Alonso, McLaren MCL32, the rest of the field at the start
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08, passes Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H leads at the start of the race

A proposta de um novo motor para a Fórmula 1 a partir de 2021 tem gerado polêmicas no paddock. A última equipe a se dizer contra a primeira resolução para a nova unidade é a Force India.

Diretor de operações do time, Otmar Szafnauer diz que o novo regulamento pode ser um tiro no pé da F1.

"Temos que garantir que o campeonato tenha diferentes aspectos de desempenho", afirmou.

"O que não podemos fazer é paralisar a unidade motriz até um ponto em que elas sejam todas iguais ou muito parecidas. Por que remover o desafio dos motores da F1? Não entendi.”

"Nós podemos gastar 100 milhões em um piloto por três anos, ou o que quer que seja. Por que gastaríamos 100 milhões em um piloto? O único motivo é porque você tem vantagem. Então, é uma categoria de pilotos.”

"E por que você gastaria dezenas de milhões, senão centenas de milhões, em um programa de aerodinâmica? Porque você ganha uma vantagem.”

"Então, por que paralisar o motor? Também deve ser uma categoria de motores. Você tem que ter o piloto, a aerodinâmica e o motor.”

"A equipe com o melhor pacote geral ganha. Se você remover o motor como um diferenciador, os outros dois se tornarão mais valiosos, e acho que isso é errado. Nós somos a F1."

Szafnauer acredita que ainda há espaço para um debate sobre as regras de 2021 nos próximos meses.

"Não é um fato consumado. Foi apenas a primeira discussão e uma apresentação. Penso que vamos receber mais comentários.”

"Eu acho que ainda há um ano inteiro antes de finalizarmos os regulamentos do motor, então vamos receber a contribuição de todos e ver onde vai terminar."

"Eu não sei qual será o preço. Isso é o que mais queremos: um preço mais baixo. Essa é a coisa mais importante para nós."

Próxima Fórmula 1 matéria
Sem adversário, Todt deve continuar na presidência da FIA

Previous article

Sem adversário, Todt deve continuar na presidência da FIA

Next article

Bottas: “Preciso me provar” para merecer ficar na Mercedes

Bottas: “Preciso me provar” para merecer ficar na Mercedes
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Force India
Autor Adam Cooper
Tipo de matéria Últimas notícias