Force India defende uso de ordens de equipe em Suzuka

compartilhar
comentários
Force India defende uso de ordens de equipe em Suzuka
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
Traduzido por: Gabriel Lima
9 de out de 2017 13:39

Após ver Ocon e Perez batendo por vezes em 2017, time diz que só irá parar de usar ordens quando assegurar quarto lugar entre os construtores

Sergio Perez, Sahara Force India F1, Otmar Szafnauer, Sahara Force India F1 Chief Operating Officer, and Esteban Ocon, Sahara Force India F1 Team with the Sahara Force India F1 VJM10
Otmar Szafnauer, Chief Operating Officer, Force India, in the FIA press conference
Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10, Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10, Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10, Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB13, Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08, Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08, Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10
Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10

A Force India diz que não irá parar de ditar o comportamento de seus pilotos na pista até que o time conquiste o quarto lugar no mundial de construtores. No último domingo, durante o GP do Japão, a equipe não permitiu que Sergio Perez atacasse Esteban Ocon pelo sexto lugar.

Quando perguntado pelo Motorsport.com sobre o quanto vai demorar para que os pilotos possam voltar a brigar na pista, o chefe de operações da Force India, Otmar Szafnauer, disse: "Depois que o quarto lugar estiver seguro no campeonato. Aí vamos sentar com todos e ver se eles podem realmente disputar novamente."

Szafnauer diz que é possível que o uso atual de ordens de equipe possa voltar a entrar em jogo no início de 2018 também se Perez e Ocon não convencerem o time de sua capacidade de lutar de forma limpa.

No entanto, ele espera que o time volte à situação que tinha com as duplas de pilotos anteriores.

"A equipe sempre vem em primeiro lugar", disse Szafnauer. “Se eles puderem nos provar isso depois deste ano, que eles podem competir de forma sensata, então estou certo de que vamos considerar isso.”

"(Nico) Hulkenberg e Checo (Perez) disputaram de maneira sensata e não bateram um no outro. Se tivermos esse cenário novamente, então não há motivo para sempre ter ordens de equipe."

Szafnauer sugeriu que a forma como os pilotos aceitaram as ordens de equipe no Japão sugere que eles entenderam bem os erros cometidos no passado.

"Eles são caras inteligentes e espero que as lições sejam aprendidas muito rapidamente", disse ele.

"Nossa filosofia aqui é sempre maximizar o potencial da equipe, e temos que fazer o que é necessário para maximizar o potencial da equipe.”

"Geralmente, deixar os pilotos correrem e ir tão rápido quanto possível, maximiza o potencial da equipe. Mas quando eles começam a bater um no outro com frequência, então não maximiza o potencial da equipe, e precisamos fazer algo diferente para maximizar o potencial da equipe.”

"Isso é exatamente o que nós fizemos. Quando estivermos felizes em deixá-los correr e acreditarmos que deixá-los correr é melhor do que segurá-los, vamos fazer isso. Mas ainda não estamos lá."

Próxima Fórmula 1 matéria
Grosjean questiona regra em comemoração de Hamilton

Previous article

Grosjean questiona regra em comemoração de Hamilton

Next article

Massa diz por que ficou entre duelo de Verstappen e Hamilton

Massa diz por que ficou entre duelo de Verstappen e Hamilton
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez Shop Now , Esteban Ocon
Equipes Force India
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias