Force India foca em estratégia para levar seus pilotos aos pontos

Equipe reconstrói carro de Hulkenberg a tempo e ainda o coloca no Q3, mas não salva câmbio e piloto é punido; Di Resta parte em 11º

O dia começou atarefado para os mecânicos da Force India. Em um curtíssimo espaço de tempo tiveram que "reconstruir" o carro de Nico Hülkenberg, já que o alemão bateu na barreira de pneus no último treino livre. Mesmo assim, Hulk conseguiu levar o carro ao Q3. Todavia, teve uma punição de 5 posições no grid pela troca de câmbio que o faz partir de 15º.

"Nosso classificatório foi intenso antes mesmo dele começar. A equipe trabalhou muito bem no meu carro consertando-o, já que sofri um acidente na parte da manhã. Não foi um grande impacto, mas pelo ângulo teve muita coisa a se arrumar. Consegui ir ao Q3 e guardei pneus para a corrida. Ainda há uma chance de pontos amanhã se nós conseguirmos fazer nossa estratégia funcionar", comentou Nico.

Para Paul di Resta, que terminou o classificatório na 12ª colocação, mas irá partir da 11ª em virtude da punição de seu companheiro de equipe, o tráfego intenso hoje em Suzuka foi um dos grandes problemas: "A sessão foi bem dura com o tráfego hoje, que inclusive comprometeu minha volta rápida no Q2, mesmo assim estou feliz com o nossa performance hoje. Para amanhã, claramente os pneus serão um problema para todos, mas poderemos utilizar a estratégia para desafiar o pessoal da frente", finalizou o inglês.

A corrida do GP do Japão será na madrugada deste domingo às 3h.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pilotos Paul di Resta , Nico Hulkenberg
Tipo de artigo Últimas notícias