Force India mira em domingo melhor e Bianchi supera Chilton de novo

Confira o que disseram os pilotos da Force India, Williams, Marussia e Caterham após o treino em Xangai neste sábado

Di Resta não foi para o Q3 por pouco

Ficando no Q2, a Force India não manteve o bom ritmo que vinha mostrando até ontem, quando colocou seus dois carros no Top 10. Hoje os carros indianos foram 11º e 13º com Di Resta e Sutil,  que esperam um domingo melhor. Quem também quer uma corrida mais à frente do que hoje é a Williams, que ficou Bottas no Q1 e Maldonado em 14º coma punição de Webber.

Confira o que eles e os pilotos de Marussia e Caterham disseram após a classificação de hoje:

Paul di Resta – Force India (11º, Q2 – 1:36.287s): “Acho que 11º é um resultado justo para as dificuldades que tivemos no último treino livre, quando nossa velocidade caiu. As mudanças que fizemos para a classificação melhoraram as coisas um pouco, e por pouco não fui para o Q3.

Adrian Sutil – Force India (13º, Q2 – 1:36.405s): “É justo dizer que esperava um resultado melhor, mas por alguma razão as condições mais quentes na classificação não foram em nosso favor. Não tive nenhum problema maior com o carro e me sinto feliz com o equilíbrio, mas não tive aderência para ir mais rápido hoje.” 

Pastor Maldonado – Williams (14º, Q2 – 1:37.139s): “Tirei tudo o que podia do carro hoje. Esperava por um resultado melhor, mas não o conseguimos no Q2. Não é onde queremos estar, então precisamos trabalhar muito duro. Temos pneus novos para amanhã, e isso poderá fazer a corrida ser interessante.”

Valtteri Bottas – Williams (16º, Q1 – 1:37.769s): “Saímos para tentar volta no Q1 bem tarde como todos. Esperávamos as condições da pista melhorarem. No entanto, uma volta para ter tudo certo é uma situação bem difícil. O vento não me ajudou ter uma volta perfeita.”

Jules Bianchi – Marussia (18º, Q1 – 1:38.780s): “Estou feliz em como terminamos no grid para a corrida de amanhã, mas estou um pouco despontado com minha volta para ser honesto. Dei uma pequena errada que me custou tempo de volta. Tenho confiança no ritmo de corrida. Estou focado para amanhã.”

Max Chilton – Marussia (19º, Q1 – 1:39.537s): “Seria fácil focar nos pontos negativos de hoje, mas dados os desafios que encaramos hoje e neste fim de semana, estou mais encorajado já que não treinamos tanto. O alvo era bater as Caterhams, o que conseguimos, apesar termos uma tentativa de apenas três voltas.”

Charles Pic – Caterham (20º, Q1 – 1:39.614s): “Tivemos pequenos problemas neste fim de semana, e eles nos fizeram não conseguirmos tirar tudo do carro. Tentamos alguns acertos no terceiro treino livre, o que deu certo, mas na classificação tive tráfego e saí de traseira em minha segunda tentativa.”

Giedo van der Garde – Caterham (21º, Q1 – 1:39.660s): “Como Charles, tive pequenos problemas em ambas as sessões, e isso nos segurou bastante. Estamos lutando para entender os pneus nas altas temperaturas de hoje. Foi como se tivéssemos de começar de novo nosso entendimento. Na minha última volta perdi 0.4s na curva dois.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Giedo van der Garde , Paul di Resta , Pastor Maldonado , Adrian Sutil , Max Chilton , Charles Pic , Jules Bianchi , Valtteri Bottas
Tipo de artigo Últimas notícias