Force India planeja incrementar estrutura de sua fábrica

compartilhar
comentários
Force India planeja incrementar estrutura de sua fábrica
Por: Lawrence Barretto
9 de jan de 2018 15:26

Equipe pretende aproveitar embalo de quarto lugar entre os construtores em 2017 para fazer com que suas operações de F1 fiquem sob um mesmo teto

Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10 with aero sensor
Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10 with aero sensor
Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10
Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10 with aero sensor
Sergio Perez, Sahara Force India VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10
Otmar Szafnauer, Chief Operating Officer, Force India, in the FIA press conference
Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10

Após a temporada de maior sucesso em sua história, a Force India trabalha em planos para concentrar suas operações na F1 sob um mesmo teto.

Em 2017, a equipe terminou em quarto no Mundial de Construtores pelo segundo ano consecutivo, marcando 187 pontos, a maior quantia em sua história.

O diretor técnico, Andrew Green, afirmou que uma “injeção de fundos” permitiu que a equipe acelerasse seu desenvolvimento em 2017 e acumulasse conhecimento sobre o carro.

Como a equipe pretende dar continuidade ao sucesso e dar o próximo passo, há o plano de concentrar toda sua operação em um mesmo local, incrementando a estrutura da Force India em Silverstone.

“Ajuda muito se todos estiverem sob o mesmo teto – e não estamos, já que há uma divisão de 75/25”, explicou o chefe de operações da equipe, Otmar Szafnauer, ao Motorsport.com. “Espero que em dois ou três anos teremos todos sob o mesmo teto.”

A Force India trocou de túnel de vento em 2015, optando por usar a estrutura da Toyota em Colônia, na Alemanha.

Szafnauer afirmou que a Force India trabalha com a operação alemã para melhorar a estrutura, além de analisar a possibilidade de aumentar a capacidade com a eficiência em CFD.

“Maior capacidade de fabricação ajuda, e eficiência no túnel de vento e no CFD também ajudam. Então, há algumas grandes peças por aí que precisamos encaixar, seja para dar o próximo passo, seja para ficar onde estamos.”

“Algumas dessas coisas estão acontecendo agora. Algumas estarão encaixadas em curto prazo, enquanto que outras são mais para o médio prazo.”

“Estamos trabalhando com eles [Toyota] para tornar seu túnel de vento mais eficiente. Algumas das mudanças já trouxeram frutos.”

Para conseguir colocar essas mudanças em vigor, a Force India precisava do dinheiro de premiação que garantiu com o quarto lugar entre os construtores.

“O quarto lugar é muito importante porque, para nós, tendo o menor orçamento da F1, significa que a parte livre de restrições de nosso orçamento também é muito pequena”, disse Szafnauer.

“Se o prêmio em dinheiro é gasta, é a parte livre de restrições que poderemos gastar, e é essa parte que nos proporciona o desenvolvimento de capacidades e fazer nossos experimentos para desenvolver a performance do carro.”

“Então, é muito importante manter isso.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Verstappen: luta por título não mudará relação com Ricciardo

Previous article

Verstappen: luta por título não mudará relação com Ricciardo

Next article

Chefe da Mercedes garante Wehrlein em programa de pilotos

Chefe da Mercedes garante Wehrlein em programa de pilotos
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Force India
Autor Lawrence Barretto
Tipo de matéria Últimas notícias