Force India planeja introduzir nova asa dianteira

compartilhar
comentários
Force India planeja introduzir nova asa dianteira
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
Co-autor: Scott Mitchell
6 de jun de 2018 15:32

Equipe vislumbra ter novidade aerodinâmica no mais tardar no GP da França para ajudar na estabilidade do VJM11

Sergio Perez, Force India VJM11
Sergio Perez, Force India VJM11
Sergio Perez, Force India VJM11
Sergio Perez, Force India VJM11
Sergio Perez, Force India VJM11
Esteban Ocon, Force India VJM11, leads Fernando Alonso, McLaren MCL33
Sergio Perez, Force India VJM11

A Force India deverá ter uma nova asa dianteira no mais tardar para a corrida de Paul Ricard, no meio deste mês, já que está em dia com os desenvolvimentos de 2018.

Embora a equipe de Silverstone tenha sofrido com um início de temporada complicado, ela começou a progredir com seu carro, e recebeu um impulso moral com o pódio de Sergio Perez no GP do Azerbaijão.

O próximo passo será estrear uma nova asa dianteira, que foi adiada até que a equipe garantisse peças suficientes para ambos os pilotos. Há uma chance de que a asa possa ser usada no Canadá neste fim de semana, mas se isso não acontecer ela definitivamente estará pronta para a corrida na França.

O diretor técnico, Andy Green, disse: "achamos que agora ela está pronta para correr, mas nós não temos peças suficientes. Não queremos arriscar as asas até termos, o que será no mais tardar em Paul Ricard".

Green disse que os testes da nova asa dianteira depois do GP da Espanha deram alguns resultados encorajadores.

"Fizemos muitos testes no treino pós-Barcelona, ​​e isso provou para nós que estávamos em um nível alto o suficiente", explicou.

"Em Barcelona foi um bom passo à frente. Então, estaríamos confiantes com as atualizações que estamos trazendo em Paul Ricard. Devemos dar outro passo razoável."

Compromissos no acerto

Perez tem dito neste ano que o time tem precisado se comprometer com seu acerto para compensar os problemas de estabilidade na traseira.

Green diz que, assim como essa questão, outros fatores atrasam o time.

"Acho que parte do problema é não ter tido o carro que queríamos no começo do ano", disse ele. "Checo fala sobre compromissos no que diz respeito à configuração, mas também temos compromissos em termos de fabricação”.

"Havia peças que realmente queríamos no carro e que não pudemos ter, então tivemos que esperar. Isso está relacionado ao orçamento".

Próxima Fórmula 1 matéria
Pirelli: GP do Canadá será crucial para futuro do hipermacio

Previous article

Pirelli: GP do Canadá será crucial para futuro do hipermacio

Next article

FIA revela especificação de capacetes da F1 para 2019

FIA revela especificação de capacetes da F1 para 2019
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Force India
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias