Force India prevê dificuldades para a corrida da Malásia

Ambos os pilotos da equipe apontam problemas que o circuito de Sepang pode trazer, como desgaste excessivo dos pneus

Esquadra da Force India aponta problemas para Sepang

Após estrear abaixo do esperado na Austrália, mas mesmo assim angariar um pontinho com a décima colocação de Paul di Resta na corrida, a Force India não está se mostrando uma das equipes mais empolgadas do grid para o Grande Prêmio da Malásia neste fim de semana.

Ambos os pilotos da esquadra indiana apontaram possíveis problemas que poderão acontecer na desgastante prova de Sepang

"Eu deixei Melbourne domingo à noite, pois é muito importante chegar à Malásia e se aclimatizar o mais rápido possível. Sepang será um duro teste físico e vamos ver como foi a minha preparação de inverno. Eu me sinto bem no momento. Mas, ao lado de Cingapura, aqui é uma das provas mais duras do ano simplesmente pelo calor e umidade", disse Paul di Resta, que marcou um ponto para a equipe ano passado nesta prova.

Já para Hulkenberg, com uma pista tão variável, é extremamente crucial ter um bom acerto para todo o fim de semana.

"A volta tem uma variação boa de altas e baixas velocidades, além de duas grandes retas. Você tem que achar o acerto entre a velocidade final e ter pressão aerodinâmica suficiente para as curvas. A alta temperatura da pista resulta em uma grande degradação dos pneus, ou seja, é importante achar um setup que seja conservador com eles", disse o alemão que retorna à Fórmula 1 este ano.
 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Paul di Resta , Nico Hulkenberg
Tipo de artigo Últimas notícias