Force India reclama do primeiro safety e da punição de Hulkenberg

compartilhar
comentários
Force India reclama do primeiro safety e da punição de Hulkenberg
Por: Rian Assis
26 de nov de 2012 11:25

Para o chefe de equipe Robert Fernley, bandeiras amarelas poderiam resolver o problema de sujeira e detrito na pista

A corrida da Force India no Grande Prêmio do Brasil foi uma das melhores de sua história, todavia, algumas intempéries aconteceram que não agradaram muito a direção do time, como o próprio chefe de equipe Robert Fernley comentou.

Segundo o dirigente, a primeira intervenção de safety car foi injusta e imprópria. No momento, após 22 voltas de prova, Hulkenberg e Button lideravam com uma margem de 48 segundos para o resto do pelotão.

"Tínhamos um grande carro hoje e um ritmo para vencer, mas não foi isso que aconteceu. Eu queria entender o porquê do primeiro safety car, pois acredito que bandeiras amarelas nos locais resolveriam", falou Fernley.

"Também fiquei surpreso com o drive-through de Nico. Acho que o certo seria ter sido investigado depois da corrida, pois haviam três carros envolvidos", completou se referindo a tentativa de ultrapassagem de Hulkenberg em Hamilton pela liderança da prova, onde o piloto da Force India escorregou e acertou o piloto da McLaren.

Próxima Fórmula 1 matéria
Para chefe Domenicali, "Fernando merecia vencer desta vez"

Previous article

Para chefe Domenicali, "Fernando merecia vencer desta vez"

Next article

Vote no Destaque TotalRace do Grande Prêmio do Brasil

Vote no Destaque TotalRace do Grande Prêmio do Brasil
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pilotos Nico Hulkenberg Shop Now
Autor Rian Assis
Tipo de matéria Últimas notícias