Fórmula 1 perde 30% da audiência global em seis anos

Tendência de migração para a TV fechada afasta cada vez mais espectadores ao redor do mundo

Seguindo a tendência dos últimos seis anos, a Fórmula 1 perdeu audiência em 2014, atingindo um público total de 425 milhões de pessoas ao redor do mundo na última temporada. A queda em relação a 2013 foi de 25 milhões.

[publicidade] Somadas, as perdas desde 2008 são de 175 milhões de espectadores – o equivalente a 30% da audiência.

As perdas vêm sendo mais consistentes nos países em que a categoria passou a ser transmitida na TV fechada – algo que vem ocorrendo com força no principal reduto da categoria, a Europa. Na Inglaterra, por exemplo, mesmo com o título de Lewis Hamilton, o número de espectadores caiu em 1,5 milhão, chegando a 27,4 mi.

Por outro lado, os promotores da categoria nunca lucraram tanto com a venda dos direitos televisivos. Apenas na Inglaterra, o acordo com a TV fechada gerou um lucro de 110% em relação ao contrato anterior.

Os níveis de audiência só têm aumentado representativamente nos Estados Unidos, onde o crescimento chegou a  10,1% ano passado e o número total chegou a 12.6 milhões de espectadores. Os dados mostram que o aumento é bem maior (200%) entre os norte-americanos que assistiram 10 ou mais corridas.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias