Fórmula 1 terá em 2015 o grid mais jovem de sua história

Estreia de Verstappen, de 17 anos, derrubou a média; apenas seis dos 18 pilotos passaram dos 30 anos

Quando as luzes se apagarem dia 15 de março na largada para o GP da Austrália, os pilotos da Fórmula 1 estará começando sua temporada com menor média de idade da história da categoria, que começou a ser disputada em 1950: pouco abaixo de 27 anos de idade.
 
[publicidade] A média mais baixa coincide com a estreia do piloto mais jovem da história da categoria, Max Verstappen, que alinhará no grid com apenas 17 anos e 166 dias. O holandês será companheiro, na equipe Toro Rosso, de Carlos Sainz, de 20 anos, formando também o time mais novo da história. Outros cinco pilotos estão abaixo da média, incluindo o brasileiro, também estreante, Felipe Nasr, de 22 anos.

Se há um brasileiro entre os mais novos, também há outro entre os mais experiente. Felipe Massa formará na Austrália, junto de Kimi Raikkonen, Jenson Button, Fernando Alonso, Lewis Hamilton e Pastor Maldonado o time dos trintões da categoria. O piloto da Williams tem 33 anos. 

Raikkonen, que completou 35 em outubro passado, é o mais velho do grid, enquanto seu companheiro de Ferrari, Sebastian Vettel, é o único dos campeões do mundo a não ter chegado aos 30 - o alemão tem 27.

Existe uma tendência na diminuição da idade dos pilotos na Fórmula 1 - o segundo grid mais jovem foi o que 2013. O próprio Vettel é detentor de uma série de recordes de precocidade, desde o pole position mais novo, até o campeão mais jovem, entre outros.
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias