Francês David Ferrer morre após acidente em Zandvoort

Piloto de 61 anos bateu seu March 701 durante corrida da FIA Masters Historic F1 no circuito holandês

O piloto francês David Ferrer faleceu em decorrência dos ferimentos sofridos em um acidente no GP Histórico de Zandvoort, disputado no último fim de semana. Ferrer, de 61 anos, bateu seu March 701 durante a corrida da FIA Masters Historic F1 no circuito holandês no sábado, e precisou ser ressuscitado no local do acidente antes de ser transportado por avião para um hospital especializado em trauma em Amsterdã.

A FIA confirmou sua morte em um comunicado divulgado nesta quinta-feira (7), que dizia: "A FIA lamenta informar que o piloto David Ferrer desafortunadamente sucumbiu a lesões sofridas no incidente em Zandvoort. A FIA amplia suas mais sinceras condolências para a família e amigos do Sr. Ferrer neste momento difícil".

O britânico Paul Tattersall estava atrás de Ferrer na hora do acidente em um Ensign N179, e saiu da pista para evitar se chocar com os destroços do carro de Ferrer.

"Eu tive uma fração de segundo para decidir se ia para a esquerda ou para a direita. Graças a Deus, eu escolhi a direita ou teria atingido David", cotou Tattersall.

Equipe de resgate e médicos foram elogiados pelo seu trabalho "exemplar" de ressuscitar e extrair o piloto ferido do que o comisário técnico da FIA, John Gentry, descreveu como um dos maiores acidentes que havia visto em sua longa carreira na F1.

 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1 , Vintage
Pilotos David Ferrer
Tipo de artigo Últimas notícias