Frustrado com 5º lugar, Hamilton diz: “Será uma luta longa”

Inglês relata ter tirado o máximo de seu carro na classificação e diz não descartar confusão entre Vettel e Verstappen no início

Após se classificar no quinto lugar do grid de largada para o GP de Cingapura, Lewis Hamilton está na expectativa de uma prova complicada no domingo.

O líder do campeonato, que vem enfrentando dificuldades com a falta de ritmo da Mercedes no fim de semana, afirmou ter extraído tudo o que pôde de seu carro, mas reconheceu que, mesmo assim, não esperava ficar somente em quinto.

“Eu tentei o máximo até o fim. Eu não pensei que estaria tão longe”, comentou, em entrevista à emissora inglesa Channel 4.

A má expectativa fica ainda mais em evidência devido à dificuldade para ganhar posições – o que acaba por favorecer Sebastian Vettel, vice-líder do campeonato e pole position.

“Essa é uma pista horrível para ultrapassagem. Será uma luta longa amanhã. Ele [Vettel] tem [Max] Verstappen perto dele, então tudo pode acontecer na largada. Eu só preciso ter uma boa largada e tentar ultrapassar uma das Ferrari. Isso pode me ajudar muito. Eu tentei tirar o máximo e extraí cada milissegundo do carro”, completou.

Hamilton possui vantagem de três pontos para Vettel. Caso o resultado da classificação seja mantido na corrida, o alemão retomaria a ponta da tabela com 13 pontos à frente.  

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pista Singapore Street Circuit
Tipo de artigo Últimas notícias