GALERIA: as trocas de chefia na McLaren na última década

compartilhar
comentários
GALERIA: as trocas de chefia na McLaren na última década
6 de jul de 2018 11:42

Nos últimos dez anos, a McLaren teve várias mudanças em seu comando, o que ganhou mais um capítulo nesta semana. Relembre passo a passo.

Galeria
Lista

Situação turbulenta na McLaren

Situação turbulenta na McLaren
1/12

Foto de: McLaren

Na última década, a McLaren passou por várias reformulações em sua chefia, sendo que essa instabilidade foi considerada pelo próprio time como a principal causa dos tropeços.

Ron Dennis (até 2008)

Ron Dennis (até 2008)
2/12

Foto de: Sutton Motorsport Images

Lendário chefe que esteve à frente da era de sucesso da McLaren, Dennis (na foto com Mika Hakkinen, em 99) era a figura de destaque do time até o fim da temporada de 2007. Aquele ano foi turbulento para a McLaren, com tensões entre os pilotos e o polêmico caso de espionagem envolvendo a Ferrari.

Martin Whitmarsh (2009 a 2013)

Martin Whitmarsh (2009 a 2013)
3/12

Foto de: Andrew Ferraro / LAT Images

Então diretor executivo da McLaren, Whitmarsh assumiu o posto de chefe de equipe no início de 2009. A equipe viveu bons momentos, como 2010 e 2012, mas teve em 2013 sua primeira temporada sem pódios em muito tempo.

Ron Dennis (2014 a 2016)

Ron Dennis (2014 a 2016)
4/12

Foto de: Charles Coates / LAT Images

Dennis retornou à cena em 2014, quando foi apontado como novo diretor executivo do Grupo McLaren, o que aumentou seu envolvimento novamente com a F1.

Eric Boullier (2014 a 2018)

Eric Boullier (2014 a 2018)
5/12

Foto de: Zak Mauger / LAT Images

Assim que Dennis assumiu, uma nova estrutura foi implementada: Boullier, ex-Lotus, se tornou diretor esportivo, com Jonathan Neale ocupando cargo interino de diretor executivo da equipe de F1. Whitmarsh, assim, saía de cena.

Jost Capito (2016)

Jost Capito (2016)
6/12

Foto de: XPB Images

Em 2016, a McLaren trouxe a bordo Capito, ex-Volkswagen no WRC, para assumir o cargo de diretor executivo da F1 – o que colocava Neale no posto de chefe de operações.

Ron Dennis (2014 a 2016)

Ron Dennis (2014 a 2016)
7/12

Foto de: XPB Images

Ao fim de 2016, porém, Dennis deixou a contragosto a posição de diretor executivo do Grupo McLaren. Assim, sua passagem pela equipe, que teve início na década de 1980, foi oficialmente encerrada.

Zak Brown (2016 até hoje)

Zak Brown (2016 até hoje)
8/12

Foto de: Manuel Goria / Sutton Images

O escolhido para substituir Dennis foi Zak Brown, americano com longa experiência no setor de marketing e financeiro no automobilismo.

Zak Brown (2016 até hoje)

Zak Brown (2016 até hoje)
9/12

Foto de: Manuel Goria / Sutton Images

Àquela altura, Capito deixou seu cargo de imediato, o que deixou o comando da McLaren nas mãos de Brown, Boullier e Neale.

Eric Boullier (2014 a 2018)

Eric Boullier (2014 a 2018)
10/12

Foto de: Sutton Motorsport Images

Contudo, o time ainda não conseguiu a melhora desejada, o que fez com que Boullier deixasse seu cargo a poucos dias do GP da Grã-Bretanha de 2018.

Gil de Ferran (atualmente)

Gil de Ferran (atualmente)
11/12

Foto de: Steven Tee / LAT Images

Com isso, Gil de Ferran, ex-piloto, dirigente da F1 e conhecido de longa data de Brown, assumirá um novo cargo de diretor esportivo.

Andrea Stella (atualmente)

Andrea Stella (atualmente)
12/12

Foto de: XPB Images

Já Stella, braço direito de longa data de Fernando Alonso, foi promovido a diretor de performance da equipe. Será que agora as coisas melhoram?

Next article
Bottas troca seu motor “por precaução” em Silverstone

Previous article

Bottas troca seu motor “por precaução” em Silverstone

Next article

Marko põe destaque da F3 como candidato à Toro Rosso em 2019

Marko põe destaque da F3 como candidato à Toro Rosso em 2019
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1