GALERIA: Os dez recordes mais indesejados da Fórmula 1

Após Hulkenberg ter se tornado no último final de semana o piloto que mais correu sem ir ao pódio, confira outras estatísticas negativas

Mais corridas sem ir ao pódio: Nico Hulkenberg

Mais corridas sem ir ao pódio: Nico Hulkenberg
1/10

Começamos pelo último recorde registrado. Com sua participação no GP de Cingapura, Nico Hulkenberg se tornou o piloto a mais competir sem jamais ter ido ao pódio, com 129 largadas. Ele superou seu compatriota Adrian Sutil.

Punição mais rápida da história: Sebastian Vettel

Punição mais rápida da história: Sebastian Vettel
2/10

Em sua primeira corrida como piloto de testes da BMW, o futuro tetracampeão do mundo foi punido por excesso de velocidade nos boxes apenas após seis segundos depois de sair da garagem. No entanto, ele se redimiu mais tarde liderando os treinos logo em sua primeira sexta-feira.

Photo by: Alessio Morgese

Mais abandonos consecutivos: Andrea de Cesaris

Mais abandonos consecutivos: Andrea de Cesaris
3/10

“De Crasheris” para os mais íntimos, o italiano sempre teve predisposição para sofrer acidentes. Em 208 largadas, ele não terminou 148 provas. 18 destes abandonos foram consecutivos.

Mais vitórias sem ser campeão: Stirling Moss

Mais vitórias sem ser campeão: Stirling Moss
4/10

O britânico foi um dos melhores pilotos de sua época no mundial. Ele venceu 16 corridas e foi vice-campeão quatro vezes. No entanto, ele não conseguiu jamais alinhar uma temporada consistente do início ao fim, e apesar de suas qualidades, terminou nesta lista.

Photo by: LAT Images

Mais abandonos na primeira volta: Jarno Trulli

Mais abandonos na primeira volta: Jarno Trulli
5/10

O italiano não foi um mau piloto. Mas, notadamente, era agressivo em primeiras voltas. Isso lhe rendeu 14 abandonos em inícios de prova em sua carreira.

Photo by: Brousseau Photo

Mais voltas lideradas sem vencer: Chris Amon

Mais voltas lideradas sem vencer: Chris Amon
6/10

Mesmo liderando 183 voltas em sua carreira, o neozelandês jamais conquistou sequer uma mísera vitória no campeonato mundial de Fórmula 1. Sempre algo parecia acontecer enquanto Amon liderava que o impedia de vencer.

Photo by: LAT Images

Mais corridas sem marcar pontos: Luca Badoer

Mais corridas sem marcar pontos: Luca Badoer
7/10

Após fazer 50 GPs na F1, o piloto italiano jamais marcou nenhum ponto sequer. A vez que chegou mais próximo foi no GP da Europa de 1999 com a fraca Minardi. Ele era o quarto quando seu carro quebrou. Nem mesmo ser o substituto de Felipe Massa em 2009 o ajudou nesta busca. Pelo contrário: Luca foi sacado após apenas duas corridas.

Photo by: XPB Images

Mais entradas sem jamais se classificar para um GP: Claudio Langes

Mais entradas sem jamais se classificar para um GP: Claudio Langes
8/10

Na época das famosas pré-classificações, no início dos anos 90, um piloto jamais triunfou. O italiano Claudio Langes tentou entrar em 14 provas, mas nunca conseguiu se classificar para uma corrida sequer com a fraca Eurobrun.

Photo by: LAT Images

A pior posição de chegada da história: Narain Karthikeyan

A pior posição de chegada da história: Narain Karthikeyan
9/10

Você lembra do GP da Europa de 2011? Provavelmente não. A corrida foi chata demais. No entanto, ela estará para sempre nos livros de recordes, já que ninguém abandonou e Narain Karthikeyan conseguiu ser o 24º e último. Nunca alguém chegou tão mal em uma corrida de F1 na história.

Photo by: XPB Images

Mais poles sem nunca liderar: Teo Fabi

Mais poles sem nunca liderar: Teo Fabi
10/10

Em suas três poles na Fórmula 1, o italiano não liderou sequer uma volta. Por furo em seu pneu, por problemas de motor ou por nem sair para a volta de apresentação, Fabi sempre teve pedras em seu caminho. Um azarado nato.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Conteúdo especial