GALERIA: quando os retardatários viram protagonistas na F1

compartilhar
comentários
GALERIA: quando os retardatários viram protagonistas na F1
14 de nov de 2018 10:51

Seja por acidentes, ultrapassagens ou por sua simples presença na pista, retardatários já roubaram a cena em disputas da F1

Galeria
Lista

Retardatários nos holofotes

Retardatários nos holofotes
1/11

Foto de: Manuel Goria / Sutton Images

O acidente de Esteban Ocon com Max Verstappen no Brasil colocou em pauta o papel dos retardatários na F1. E, por muitas vezes, pilotos já assumiram os holofotes quando levavam uma volta de adversários.

GP do Brasil de 2001 – Jos Verstappen x Juan Pablo Montoya

GP do Brasil de 2001 – Jos Verstappen x Juan Pablo Montoya
2/11

Foto de: Sutton Motorsport Images

O pai de Max Verstappen, Jos, foi um deles. Na edição de 2001 do GP do Brasil, o holandês interferiu na disputa pela vitória ao errar uma freada e tirar da corrida Montoya, que liderava.

GP da Alemanha de 1982 – Eliseo Salazar x Nelson Piquet

GP da Alemanha de 1982 – Eliseo Salazar x Nelson Piquet
3/11

Foto de: LAT Images

O fatídico acidente em Hockenheim provocou uma das cenas mais emblemáticas da F1 dos anos 80. Salazar acertou o líder Piquet na entrada da chicane e ambos abandonaram. O brasileiro, então, deu “safanões” no chileno na área de escape.

GP da Europa de 1997 – Norberto Fontana x Jacques Villeneuve

GP da Europa de 1997 – Norberto Fontana x Jacques Villeneuve
4/11

Foto de: LAT Images

Na clássica decisão em Jerez, Fontana segurou Villeneuve por algumas curvas, o que permitiu que Schumacher abrisse vantagem. Anos mais tarde, o argentino disse que só fez isso devido a uma ordem de Jean Todt, chefe da Ferrari e que fornecia motores à Sauber, sua equipe.

GP do Japão de 1993 – Eddie Irvine x Ayrton Senna

GP do Japão de 1993 – Eddie Irvine x Ayrton Senna
5/11

Foto de: Sutton Motorsport Images

Senna liderava a corrida quando foi surpreendido pelo estreante Irvine, que tentava descontar uma volta. O brasileiro recuou, mas depois da prova partiu para cima do jovem norte-irlandês.

GP da Bélgica de 2000 – Michael Schumacher x Ricardo Zonta

GP da Bélgica de 2000 – Michael Schumacher x Ricardo Zonta
6/11

Foto de: XPB Images

Schumacher resistia aos ataques da Mika Hakkinen nas voltas finais até se deparar com Zonta. O brasileiro não fez nada de errado, mas sua simples presença por ali proporcionou uma das grandes ultrapassagens da história.

GP da Bélgica de 1998 – Michael Schumacher x David Coulthard

GP da Bélgica de 1998 – Michael Schumacher x David Coulthard
7/11

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Chovia muito em Spa, e Schumacher estava destinado a uma vitória dominante. Mas tudo se perdeu após o alemão colidir com Coulthard, que vinha lento na pista. Schumacher ficou revoltado, já que o escocês era parceiro de equipe de seu grande rival Hakkinen.

GP do Brasil de 2008 – Lewis Hamilton x Robert Kubica

GP do Brasil de 2008 – Lewis Hamilton x Robert Kubica
8/11

Foto de: XPB Images

Nas voltas finais em Interlagos, Hamilton tentava segurar Sebastian Vettel para manter o título. Mas o inglês se distraiu quando um retardatário Kubica, que vinha muito mais rápido, lhe ultrapassou para descontar uma volta. O lapso do inglês quase lhe custou o título.

GP da Itália de 1988 – Ayrton Senna x Jean-Louis Schlesser

GP da Itália de 1988 – Ayrton Senna x Jean-Louis Schlesser
9/11

Foto de: LAT Images

O contato de Senna com o futuro bicampeão do Rali Dakar nas voltas finais em Monza impediu que a McLaren vencesse todas as corridas da temporada de 88. Sorte para a Ferrari, que pôde fazer dobradinha em sua corrida de casa.

GP do Brasil de 1990 – Ayrton Senna x Satoru Nakajima

GP do Brasil de 1990 – Ayrton Senna x Satoru Nakajima
10/11

Foto de: LAT Images

A primeira vitória de Senna no Brasil escapou de suas mãos no retorno da F1 em Interlagos após um acidente com o retardatário Nakajima na entrada do Bico de Pato. O brasileiro só viria a vencer em casa no ano seguinte.

GP da Hungria de 2006 - Vitantonio Liuzzi x Kimi Raikkonen

GP da Hungria de 2006 - Vitantonio Liuzzi x Kimi Raikkonen
11/11

Foto de: Sutton Motorsport Images

Raikkonen perdeu uma valiosa chance para vencer em 2006 quando colidiu com um retardatário. Na ocasião, o finlandês bateu na traseira do piloto do italiano sob chuva, o que abriu terreno para a improvável vitória de Jenson Button.

Next article
Wolff: não teríamos cinco títulos se não fosse por Hamilton

Previous article

Wolff: não teríamos cinco títulos se não fosse por Hamilton

Next article

Ricciardo: sinto que estou levando socos com azar em 2018

Ricciardo: sinto que estou levando socos com azar em 2018
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1