Ganho de desempenho não é prioridade da Honda em 2018

compartilhar
comentários
Ganho de desempenho não é prioridade da Honda em 2018
Por: Lawrence Barretto
Traduzido por: Daniel Betting
26 de fev de 2018 20:03

Fabricante japonesa se concentrará na confiabilidade de seu primeiro motor com especificação de corrida para a temporada 2018

Scuderia Toro Rosso STR13 aero detail
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13
Scuderia Toro Rosso STR13 halo
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13
Brendon Hartley, Toro Rosso STR13
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13

A Honda iniciou uma nova parceria de três anos com a Toro Rosso após três temporadas desastrosas com a McLaren.

Durante o inverno, revisou sua estrutura de gerenciamento, movendo Yusuke Hasegawa para fora do projeto da F1 e dividindo este papel entre Toyoharu Tanabe e Yasuaski Asaki.

Seu foco tem sido melhorar a confiabilidade, depois de sofrer várias falhas no ano passado.

A Honda tem esperança de que seu motor com especificações no teste de Barcelona possa fornecer algumas melhorias antes do início da temporada, na Austrália.

Fornecer a primeira especificação do motor oferece como esperado e a pesquisa e o desenvolvimento progridem positivamente, a Honda espera adicionar atualizações de desempenho mais tarde na temporada.

Neste ano, as equipes serão limitadas a apenas três motores sem penalidade, o que significa que eles têm que durar sete corridas cada. Isso significa que o primeiro grande desenvolvimento provavelmente será introduzido na oitava corrida, na França se eles permanecerem no cronograma.

"Nossa abordagem neste ano deve ser focada primeiro na confiabilidade no início da temporada", disse o chefe de automobilismo da Honda, Masashi Yamamoto, ao Motorsport.com em Barcelona.

"Temos que nos certificar de que temos boa confiabilidade. É o que temos trabalhado durante a temporada de inverno - vejamos o que acontece durante o teste de inverno”.

"Primeiro, queremos nos concentrar nos testes. Em termos de desempenho geral, não podemos comentar claramente, pois é apenas nossa especificação de teste”.

"Com o desempenho, há um pouco mais por vir, e até agora estamos felizes com a confiabilidade, mas ainda há muitos testes por vir".

Acredita-se que a temporada pré-temporada da Honda foi mais suave nas bases de Sakura e Milton Keynes, com potenciais problemas que poderiam ter impactado nos testes encontrados em tempo hábil antes de Barcelona.

A Toro Rosso teve uma manhã bem sucedida em Barcelona, com Brendon Hartley marcando 72 voltas. Somente o Nico Hulkenberg da Renault (73) andou mais.

Próxima Fórmula 1 matéria
Pilotos querem estender teste até sexta-feira

Previous article

Pilotos querem estender teste até sexta-feira

Next article

Alonso crê que seis times têm “grandes problemas”

Alonso crê que seis times têm “grandes problemas”

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Toro Rosso
Autor Lawrence Barretto
Tipo de matéria Últimas notícias