Gasly comemora 4º lugar: “Nada pode bater esse sentimento”

Francês admite que posição, a melhor da Honda desde seu retorno à F1, esteve muito além de sua imaginação

Pierre Gasly se mostrou incrédulo com o quarto lugar obtido com a Toro Rosso no GP do Bahrein, ficando apenas dos carros de Ferrari e Mercedes que completaram a prova.

No sábado, o francês obteve um impressionante sexto lugar na classificação, sendo promovido a quinto após a punição de Lewis Hamilton.

Na corrida, teve rendimento sólido e ganhou posições com os abandonos de Kimi Raikkonen e Daniel Ricciardo, o que proporcionou o melhor resultado para a Honda desde que ela voltou à F1, em 2015.

O próprio francês admitiu que o resultado esteve além de sua imaginação. “Pensei ‘OK, vou dar tudo o que tenho e, se houver oportunidades, vou assegurar que estarei lá para aproveitar’. Mas também pensei: ‘Vamos lutar com as Renault, com as McLaren, sabemos que a Haas é realmente rápida em corrida’. Mas nunca esperávamos terminar em quarto”, disse. 

“Para a equipe, é incrível. É o melhor resultado da Honda desde que eles voltaram, então acho que tem gente no Japão – nem sei que horas são por lá – que devem estar superfelizes. Eles tiveram anos duros, então é uma ótima forma de motivá-los e mostrar que precisamos continuar nos esforçando.”

Gasly acrescentou que o resultado foi fruto de um grande salto à frente no carro da Toro Rosso. “Honestamente, damos um grande passo. Desde que chegamos aqui, o carro estava rápido, e ter tido a minha melhor classificação já havia sido muito satisfatório. Mas acho que nada pode bater o sentimento com esse quarto lugar”, completou. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pista Bahrain International Circuit
Tipo de artigo Últimas notícias