Gasly quer competir na F1 pela Toro Rosso em 2017

Piloto júnior da Red Bull admite que quer chegar à maior categoria do automobilismo mundial utilizando as vias da própria escuderia

Pierre Gasly tem 19 anos e entrou para o programa de jovens talentos da Red Bull em 2014. Como resultado mais expressivo conseguiu o vice campeonato da Fórmula Renault 3.5, antes de ir para a GP2 e terminar na oitava colocação em sua temporada de estreia.

Enquanto o piloto francês ainda está definindo suas pretensões para 2016, ele quer brigar pelo título da principal porta de entrada da F1, o que lhe deixaria em uma posição confortável.

"Nada está assinado ainda, mas o objetivo é fazer uma segunda temporada na GP2 e vencer o campeonato", disse em entrevista ao Ouest France. "Sei que sou capaz disso."

"Isso será importante para mim, já que haverá vaga na Toro Rosso em 2017 e pretendo estar lá."

A sala de espera da F1

Apesar de todos os elogios, Gasly não vence uma corrida desde setembro de 2013, quando ganhou em Paul Ricard pela Fórmula Renault 2.0.

"Mentalmente não tem sido fácil. Em certos momentos você diz a si mesmo que nada pode ser pior e, de repente, aparece outro problema."

"Sabíamos que a GP2 seria difícil, é a sala de espera da F1, mas com essas dificuldades aprendemos mais."

Quando perguntado se se sente preparado para estar na F1, Gasly respondeu: "se me pedirem para estar na F1 amanhã, eu estaria. A GP2 é uma grande escola para a F1, especialmente em termos de administração de pneus."

"Estarei preparado ainda mais com a temporada adicional na GP2, me deixando ainda mais forte."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1 , FIA F2
Pilotos Pierre Gasly
Equipes Toro Rosso
Tipo de artigo Últimas notícias