Gasly revela ira ao saber que Kvyat correria na STR em 2017

Francês diz que esperava assumir imediatamente lugar do russo na Toro Rosso após ter conquistado título da GP2

O francês Pierre Gasly revelou que ficou bastante contrariado quando soube que a Toro Rosso havia renovado o contrato de Daniil Kvyat no final de 2016 para correr a temporada de 2017 da Fórmula 1.

Após  o rebaixamento do russo da Red Bull para a escuderia italiana no meio do ano e da falta de resultados no meio da temporada, Gasly achou que seria possível chegar à F1 no início de 2017 pela Toro Rosso após ter sido campeão da GP2 em 2016.

Perguntado pelo site oficial da F1 quando foi a última vez que ficou com raiva, o piloto citou o caso.

“Foi em Austin, 2016, quando (o consultor de automobilismo da Red Bull) Helmut Marko me disse que Daniil Kvyat havia assinado para a temporada de 2017”, disse.

“Eu achava que isso não era justo: tinha acabado de ganhar o campeonato GP2. Era uma mistura de estar com raiva, decepção e tristeza.”

Gasly estreou na Fórmula 1 no GP da Malásia do ano passado substituindo Kvyat - que foi demitido da Red Bull após o GP dos EUA de 2017. O piloto fará a dupla deste ano da Toro Rosso com o neozelandês Brendon Hartley.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Pierre Gasly
Tipo de artigo Últimas notícias