Gerenciamento de tráfego para GP da França recebe críticas

compartilhar
comentários
Gerenciamento de tráfego para GP da França recebe críticas
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
Traduzido por: Daniel Betting
22 de jun de 2018 21:32

Os arranjos de trânsito para o GP da França foram rotulados como "ridículos" depois que fãs e membros de equipes enfrentaram muitas dificuldades para entrarem no circuito de Paul Ricard

Como a infraestrutura ao redor do circuito de Paul Ricard não é ideal para um grande evento esportivo como o GP da França de Fórmula 1, as filas de carros se estenderam por vários quilômetros - e muitos fãs desistiram chegarem à pista depois de ficarem presos por horas durante os treinos livres.

O diretor de operações da Force India, Otmar Szafnauer, disse que cancelou uma reunião de negócios depois que um convidado não conseguiu chegar a tempo na pista.

"Levamos duas horas para percorrer 16 quilômetros. Foi ridículo”, disse.

"Tivemos um convidado que estava voando para uma reunião comigo para depois voar de volta. Ele nunca chegou à reunião. Ele teve que dar meia volta e retornar para o aeroporto.”

Leia também:

"Ele me ligou e disse: 'Me desculpe, eu andei sete quilômetros em duas horas e meia, meu vôo é às 5 da tarde. Eu tenho que voltar.'"

Szafnauer disse que a questão do tráfego deve ser uma preocupação para os chefes da F1.

"Para mim, não é um grande problema se eu levar duas horas para percorrer 16 quilômetros, eu vou vir aqui de qualquer maneira.”

"Se eu fosse fã e na sexta-feira levasse duas horas e meia para percorrer sete quilômetros eu pensaria duas vezes, e esse é o problema. Para mim, não importa. Estou chegando, é o meu trabalho.”

"Mas os torcedores têm escolha, e eles provavelmente escolherão eventos em que não leve duas horas e meia para percorrerem sete quilômetros."

Não foram apenas os fãs e os membros de equipes que enfrentaram problemas. Sebastian Vettel e Romain Grosjean tiveram que ser forçar uma barreira policial após terem sido informados de que não poderiam ir mais longe.

"Nós estávamos dirigindo, andando com Vettel e fomos parados pela polícia e queríamos ir e a polícia não deixou. Eu tinha o passe, eu tinha minha camiseta, eu tinha tudo."

Reportagem adicional de Oleg Karpov

Confira as novidades técnicas para o GP da França

Próxima Fórmula 1 matéria
Em rede social, Massa faz postagem em defesa de Neymar

Previous article

Em rede social, Massa faz postagem em defesa de Neymar

Next article

França-2008, dia em que Massa chegou ao topo na F1

França-2008, dia em que Massa chegou ao topo na F1

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da França
Localização Circuit Paul Ricard
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias