Ghosn: Renault pronta para tomar uma decisão sobre seu futuro na F1

compartilhar
comentários
Ghosn: Renault pronta para tomar uma decisão sobre seu futuro na F1
Sam Smith
Por: Sam Smith
Traduzido por: Vinicius Alves
29 de jun de 2015 11:22

Presidente da marca, Carlos Ghosn afirma que Renault está analisando as opções de ficar ou não na F1, seja como fornecedora de motores ou com equipe própria.

Renault Sport F1 logo
Renault Sport F1 logo
2015 Renault Energy F1 motor
Detalhe Renault

Com as recentes críticas da Red Bull sobre a qualidade dos motores Renault na Fórmula 1, o presidente da marca francesa, Carlos Ghosn afirmou em entrevista exclusiva ao Motorsport.com, que a vai tomar uma decisão em breve sobre seu futuro na categoria.

Ghosn esteve em Londres para acompanhar a última etapa da Fórmula E e falou sobre as pretensões da Renault no automobilismo, inclusive na Fórmula 1.

"Tudo está em aberto. Realmente estamos revendo a situação, temos diferentes opções. Na Fórmula 1, existem vários caminhos que continuamos analisando, mas não depende só nós, mas também da catégoria", disse.

"Há uma questão de direitos de TV, outra do retorno do investimento, mas eu acho que até o final do ano, vamos tomar uma posição firme", explicou.

Ainda que a marca tenha tido muito sucesso na F1 até hoje, para continuar investindo é preciso ter condições melhores, o que não é o caso de hoje.

"A Renault tem uma longa tradição no automobilismo. A F1 faz parte disso. Se pudéssemos continuar em melhores condições, seria a melhor opção. Mas isso ainda não é garantido. Nós não temos uma decisão, mas vamos tomá-la em breve. Tudo está em aberto", garantiu.

Envolvimento na Fórmula E vai continuar

Falando sobre o interesse da Renault no campeonato da Fórmula E através da equipe e.dams, que selou o título de construtores da temporada, Ghosn disse: "Estamos aqui e estamos muito felizes de ser capazes de contribuir com algo que possa ser muito bom no futuro. Nós gostamos do que isso representa", exaltou.

Carlos ainda opinou sobre as impressões da categoria e o que ela já representou em sua temporada inaugural.

"Estou muito impressionado com os jovens que vieram torcer para a Fórmula E, então vocês podem esperar que a gente se envolva ainda mais com isso no futuro", finalizou.

Próxima Fórmula 1 matéria
Agora é possível uma "guerra" de pneus na F1, afirma Michelin

Previous article

Agora é possível uma "guerra" de pneus na F1, afirma Michelin

Next article

Segue intenso o debate por cockpits fechados na Fórmula 1

Segue intenso o debate por cockpits fechados na Fórmula 1
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Sam Smith
Tipo de matéria Últimas notícias