Globo garante anunciantes e confirma transmissões em 2017

Mesmo sem a garantia de piloto brasileiro no grid, emissora fechou cota de patrocínio quase 10% maior do que preço cobrado este ano

O Brasil ainda não tem nenhum nome confirmado para o mundial do próximo ano. Felipe Nasr ainda busca um assento para a próxima temporada e o país ainda corre risco de ficar fora do grid em 2017, fato que não ocorre desde 1969. 

Mesmo assim, a crise não chegou à emissora detentora dos direitos por aqui. Em nota no Jornal Nacional, a Globo confirmou as transmissões da maior categoria do automobilismo mundial para o próximo ano. 

Santander, Itaipava, Nestlé, Renault, Tim e Unilever fecharam o conjunto de cotas de patrocínio e viabilizaram as transmissões de 2017.

Segundo o Meio & Mensagem, o montante foi é de R$ 87,2 milhões, quase 10% a mais do que foi pedido em 2016, quando foi arrecadado R$ 79,8 milhões.

O campeonato do próximo ano terá início no dia 26 de março, com o GP da Austrália. O GP do Brasil foi o último a ser confirmado pela FIA e deve acontecer no dia 12 de novembro em Interlagos.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias