Glock sofre com problemas da Marussia e lamenta ausência em testes

"Claro é uma pena que não podemos testar em Barcelona, mas a segurança chega primeiro", comenta o piloto alemão

Timo Glock

 

Após ficar sem vaga na Toyota e abraçar a causa da Marussia, então Virgin, no fim de 2009, Timo Glock virou a vida de cabeça para baixo.
 
O alemão deixou um time rico e repleto de recursos por uma estrutura pequena e fraca, sendo obrigado, entre outras limitações, a ficar de fora de mais uma semana da pré-temporada, por conta de problemas na segurança do carro.
 
"Claro é uma pena que não podemos testar em Barcelona, mas a segurança chega primeiro. Estaremos competindo com nosso novo carro em Melbourne", afirmou Glock à agência de notícias "dpa".
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias