GP da Coreia desaparece do calendário da Fórmula 1 em site oficial

De acordo com o promotor da Fórmula 1, prova só foi incluída por questões legais na primeira versão da tabela

O GP da Coreia foi retirado do calendário da Fórmula 1 no site da Federação Internacional de Automobilismo sem grande alarde na noite desta terça-feira. Horas depois, a FIA admitiu que "as chances da corrida acontecer desapareceram". Na página oficial da Fórmula 1, contudo, a prova segue como “provisória”.

[publicidade] Desde que o retorno da etapa coreana foi anunciado, nem mesmo os organizadores locais demonstraram interesse – ou mesmo meios financeiros – para seguir adiante. A prova não aconteceu em 2014 depois dos administradores do circuito de Yeongam acumularem dívidas nos três primeiros anos de atividade do circuito.

O próprio promotor da F-1, Bernie Ecclestone, admitiu que a corrida só foi colocada no calendário por motivos legais. “Temos um contrato com a Coreia, temos de colocá-los no calendário. Se não o fizéssemos, eles poderiam nos processar”, revelou.

Com o cancelamento, o calendário agora tem uma distância de três semanas entre o GP do Bahrein, dia 19 de abril, e o GP da Espanha, que abre a temporada europeia, dia 10 de maio. Serão 20 corridas no total, sendo a de abertura na Austrália, dia 15 de março.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias