GP da Rússia ainda não está confirmado para estrear em 2014

Federação de automobilismo do país e promotora não chegam a acordo sobre quem vai pagar conta de treinamento

Apesar das obras avançadas, o GP da Rússia ainda não está garantido no calendário do próximo ano. Isso porque a federação de automobilismo do país e os promotores ainda não chegaram a um acordo sobre quem vai pagar a conta do treinamento das 700 a 800 pessoas que trabalharão no evento.

O contrato dos russos foi arquitetado pelo presidente Vladimir Putin ainda em 2010, com a promessa de realizar a prova de 2014 a 2020. E, de acordo com a federação, as questões serão resolvidas e a prova será confirmada.

O entrave é a falta de acordo entre a federação e a Omega Center, que está construindo a pista de 5.9km junto ao complexo que vai sediar as Olimpíadas de Inverno.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias