GP do México considera aumentar capacidade de público

Organizadores do evento esperam que capacidade do autódromo Hermanos Rodriguez seja aumentada, assim como também conseguir vender todas as entradas

O GP do México do ano passado foi considerado um grande sucesso, atraindo 336.174 fãs no fim de semana, perdendo apenas para o de Silverstone.

Na sequência do seu regresso ao calendário da F1 após ausência de 23 anos, o presidente e CEO da CIE, que promove o evento, Alejandro Soberon, prometeu uma "experiência ainda melhor" em 2016.

"Ficamos muito felizes como tudo aconteceu no ano passado, mas sempre há áreas que podemos melhorar", disse ao Motorsport.com.

"Colocamos os ingressos à venda e estamos com 80 ou 81% de nossa meta para este ano alcançada. Então, estamos bem e tem havido um grande interesse dos estrangeiros virem para cá."

"Estamos muito otimistas sobre a corrida deste ano e considerando o aumento da capacidade de público."

"Não há dúvida em minha mente que vamos vender todas as entradas."

Grandes benefícios econômicos

Soberon apontou para o relatório de impacto econômico recente, que afirmou que o evento contribuiu com US$ 232,8 milhões para a economia mexicana - aproximadamente R$ 930 milhões -, bem como US$277.800.000 de exposição na mídia global, por volta de R$1,1 bi.

"O ano passado foi difícil, mas estávamos muito orgulhosos que o México foi capaz de surpreender o mundo", afirmou.

"Temos uma equipe que está trabalhando muito duramente para dar aos fãs uma experiência ainda melhor este ano. Estamos felizes, mas estamos ocupados."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do México
Pista Autodromo Hermanos Rodriguez
Tipo de artigo Últimas notícias