Grécia está em busca de sediar um Grande Prêmio de Fórmula 1

Ministro grego comenta os benefícios que uma prova poderá ter no país; proposta formal deverá ser entregue em novembro

Mesmo mergulhada em uma profunda crise econômica, alguns governantes pensam que a Fórmula 1 possa ser uma espécie de para o país. Apesar de o projeto ser antigo, nos últimos dias ganhou mais força.

Em entrevista à Autoweek, o Ministro dos Esportes da Grécia Konstantinos Cavaras explicou que a corrida pode ser uma espécie de instrumento de desenvolvimento.

"A principal prioridade do governo é criar instrumentos de desenvolvimento", disse o ministro Costas Tzavaras. "Neste momento crítico para o nosso país, todos os esforços que promovem a Grécia e atraem o interesse internacional é bem-vindo e merece o nosso apoio", completou.

A corrida seria na orla grega e em uma localização bem próximo a Atenas, a capital, mas já fora da cidade.

"A perspectiva da realização de um GP de Fórmula 1 em Drapetsona aumenta as expectativas para melhorar nosso turismo através da promoção do porto de Pireu", finalizou.

O projeto, que foi lançado em junho de 2011 por um consórcio grego, inclui arquibancadas para capacidade para 130 mil espectadores. Uma proposta formal deve ser encaminhada a Bernie Ecclestone e Jean Todt em novembro.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias