Grosjean comemora "corrida limpa" e primeiros pontos na carreira

Depois de nove GPs, francês chega em sexto, enquanto companheiro Raikkonen fica sem pneus no final e é 14º

Groajean marcou seus primeiros pontos

Romain Grosjean não havia completado sequer cinco voltas em um GP nesta sua volta à F-1 depois de dois anos, e terminou o GP da China logo com a sexta colocação e seus primeiros pontos na categoria, após nove GPs disputados.

Falando com exclusividade ao TotalRace em Xangai, o francês afirmou que a corrida não foi fácil devido à proximidade de rendimento entre os carros.

“Sinto-me muito bem. Estou muito feliz pela equipe e por mim mesmo. Acho que merecemos. Trabalhamos muito duro e finalmente tivemos uma corrida limpa. Não foi uma prova fácil, acho que a performance de todos estava muito próxima.”

Grosjean agradeceu o trabalho da equipe, que teve um final de semana complicado após levar à China novas peças que não funcionaram como o esperado.
“Estou muito feliz com o trabalho que a equipe fez ao me dar um carro fantástico hoje e a próxima prova será ainda melhor, porque agora tenho mais experiência no bolso.”

A mesma estratégia que deu os primeiros pontos a Grosjean, no entanto, acabou com a corrida de Kimi Raikkonen. O finlandês  chegou a ficar boa parte da prova em segundo, mas seus pneus não aguentaram no final, levando-o à 14ª colocação.

“Tentamos fazer duas paradas, pois parecia a estratégia mais rápida e até as últimas 10 voltas estava parecendo que ia funcionar, mas o pneu acabou no final. Fiquei preso atrás de Felipe [Massa] e não conseguia passar porque não era rápido o bastante em áreas chave da pista. Mas mesmo se tivesse conseguido passá-lo não acho que ia fazer tanta diferença.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Kimi Raikkonen , Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias