Grosjean: “disputar uma prova da NASCAR é algo que me atrai”

Romain Grosjean ressalta desejo de disputar uma prova da categoria norte-americana, mas diz que só faria isso em um circuito misto e precisaria testar o carro antes de tal empreitada

Romain Grosjean, piloto da estreante Haas na temporada 2016 da Fórmula 1, entrou em um carro da NASCAR na fábrica da equipe na ocasião do anúncio dele como piloto do time e revelou que não se oporia a andar com um dos carros de Gene Haas na Sprint Cup caso surgisse a oportunidade.

Questionado pelo Motorsport.com se o desejo de experimentar um carro da categoria norte-americana e disputar uma prova ainda persistia, o francês revelou que permanece interessado, mas descartou fazer isso em um circuito oval.

"Sim, sigo interessado. Mas é algo que eu faria em um circuito misto. Em um oval, jamais - eu ficaria com medo, é algo que exige muito conhecimento prévio", disse.

“Estou aberto a fazer testes em um carro da Sprint Cup em um circuito misto para ver meu desempenho antes de tomar qualquer decisão. É um carro completamente diferente de um F1", afirmou, explicando em seguida o que sentiu quando entrou no carro na fábrica da Haas.

“Eu entrei no carro quando visitei a Hass em Charlotte no final do ano passado e tive a sensação de que havia mais de quatro metros de sobra à minha direita. 'Por que o assento não fica no meio do carro?', pensei. Mas, sim, admito que disputar uma prova da NASCAR é algo que me atrai, completou.

No GP da Austrália, Grosjean foi eleito pelo público o 'piloto do dia' após terminar a prova em sexto e permitir que a Haas pontuasse logo na estreia.

Entrevista por Rene Fagnan

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Romain Grosjean
Equipes Haas F1 Team
Tipo de artigo Últimas notícias