Grosjean diz que nunca esperou chance na Ferrari por estar na Haas

compartilhar
comentários
Grosjean diz que nunca esperou chance na Ferrari por estar na Haas
Por: Ben Anderson
18 de ago de 2018 12:34

Francês afirmou que decisão de se juntar à Haas nunca foi tomada pensando em uma potencial vaga na escuderia italiana

Os estreitos laços da Haas com a Ferrari, por meio de um acordo de motores e peças de chassi, conforme permitido pelas regras da F1, foram um elemento importante para atrair Romain Grosjean ao projeto, e havia sugestões de que ele também poderia usar esse fator como base para se projetar a uma mudança para a escuderia se Kimi Raikkonen deixar o time.

Raikkonen continuou com a Ferrari durante o período de Grosjean na Haas, enquanto o novato da Sauber, Charles Leclerc, surgiu este ano como o candidato mais provável a substituir o finlandês, a pedido do presidente da Ferrari, Sergio Marchionne, antes de sua morte.

Grosjean sofre uma dura terceira temporada na Haas, enfraquecendo ainda mais suas perspectivas de subir na classificação, mas mantém a chance de permanecer no time em 2019, e o piloto diz estar comprometido com o projeto.

Leia também:

Quando perguntado se o surgimento de Leclerc provavelmente acabou com sua perspectiva de mudar para a Ferrari, Grosjean disse ao Motorsport.com: “Eu ainda quero tentar ser campeão mundial.”

"A única coisa que ninguém sabe é sobre 2021 [quando novas regras e estrutura comercial serão implementadas] e eu espero que haja mais chances para mais equipes ganharem corridas.”

"Vamos ver como será no futuro. Estou muito feliz por fazer parte disso. A Haas é o melhor time de meio de grid agora, é por isso que todo mundo quer vir para cá. Estamos fazendo algo incrível e eu nunca vim aqui para ir para a Ferrari.”

"Eu nunca esconderia o fato de que sonharia em ir para a Ferrari, mas não pensei algo como 'vou para a Haas para depois ir para a Ferrari’.”

“Quem sabe o futuro? Por enquanto, gosto de me manter aqui porque acho que podemos fazer mais.”

Grosjean diz que Leclerc "faz uma incrível temporada" em meio a inesperadas aparições regulares no Q3 e pontos com a Sauber.

O francês adverte, no entanto, que o segundo ano de um piloto na F1 pode ser muito mais difícil, graças às expectativas elevadas.

"Eu não o conhecia muito bem antes da F2 e, obviamente, ele foi forte lá e está incrível nesta temporada", disse Grosjean sobre Leclerc.

“Para mim, a segunda temporada é sempre mais difícil do que a primeira, não há expectativa na primeira e depois na segunda temporada, especialmente se ele estiver na Ferrari.”

“Mas isso seria interessante de ver. Como eu disse, ele está muito, muito bem e a Sauber em geral está aumentando seu tempo de jogo.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Pirelli diz que duas paradas obrigatórias não melhorariam GPs

Previous article

Pirelli diz que duas paradas obrigatórias não melhorariam GPs

Next article

Pérez: Jovens pilotos chegam à F1 mais bem preparados

Pérez: Jovens pilotos chegam à F1 mais bem preparados
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Romain Grosjean Shop Now
Equipes Ferrari Shop Now , Haas F1 Team
Autor Ben Anderson
Tipo de matéria Últimas notícias