Grosjean: McLaren e Renault vão superar times médios em 2018

Francês crê que evolução da Renault e nova unidade motriz para a McLaren faça ambos times darem passos à frente

Refletindo sobre a possível hierarquia da Fórmula 1 para a próxima temporada, Romain Grosjean acredita que McLaren e Renault deixarão os times médios do grid para trás. O piloto da Haas crê que o máximo que Williams, Force India e sua equipe possam no próximo ano seja lutar pelo sexto lugar geral entre os construtores.

"Eu acho que a melhor abordagem é fazer nosso próprio trabalho. Sabemos onde melhorar, há algumas áreas nas quais realmente precisamos nos concentrar para melhorar.”

"Nós precisamos nos certificar de que as atualizações, quando chegarem, estarão funcionando e foram validadas antes.”

"Isso significaria que não estamos perdendo tempo para trazer algo que realmente não faz o que deveria. Apenas um exemplo.”

"A McLaren vai ser super forte no próximo ano e eles têm grandes recursos, provavelmente a maior fábrica da Fórmula 1.”

"O motor da Renault é um motor decente. Eles tiveram problemas de confiabilidade, mas, em potencia eles estão lá. A equipe Renault está em alta também, eles estão se desenvolvendo muito bem e estão na nossa frente.”

"A questão é Williams e Force India. É claro: a McLaren eu acredito que vai estar lá na frente com a Red Bull, assim como a Renault.”

"A questão é Force India, Williams, nós e a Toro Rosso com sua nova unidade."

Force India e Williams terminaram em quarto e quinto respectivamente na classificação de 2017.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias