Grosjean: “Não acho que Vettel consegue manter o mesmo ritmo"

Francês, quarto no grid para o GP da Europa, e Raikkonen, quinto, estão confiantes com performance da Lotus em corrida

Grosjean ficou à frente de Raikkonen por 0s008

Mesmo largando na quarta e quinta colocações, a dupla da Lotus, Romain Grosjean e Kimi Raikkonen, está confiante para o GP da Europa. Ambos afirmaram ao TotalRace que o ritmo de corrida do E20 é seu grande trunfo. O francês ainda disparou: “Não acho que Vettel consegue manter o mesmo ritmo que mostrou na classificação.”

Grosjean, que superou Raikkonen pela quinta vez no ano – nesta oportunidade, por apenas oito milésimos –, destacou a melhora da Lotus em classificação.

“Quarto e quinto são boas posições. É claro que você sempre queria um pouco mais, não acho que tiramos o melhor do carro hoje. Ainda não temos o rendimento que gostaríamos na classificação, o que se deve a algumas coisas. Estamos chegando lá e isso é bom para o restante da temporada.”

O francês acredita que Vettel não deve ter a mesma superioridade que mostrou na classificação, quando fez a pole com mais de três décimos de vantagem, destoando em um grid apertado.

“São 57 voltas amanhã. A pista estará muito quente e será interessante. Não acho que Vettel consegue manter o mesmo ritmo que mostrou na classificação porque na sexta-feira ele não parecia tão bem. Se ele mantiver a mesma toada, ninguém vai conseguir pegá-lo. Se perder um pouco, entramos no jogo. Não é preciso correr muitos riscos, pois temos um bom ritmo de corrida e a degradação é alta.”

“A temperatura interfere muito nos pneus Pirelli, mas agora todos os compreendem melhor. Estamos vendo que os carros estão cada vez mais próximos, exceto a Red Bull hoje na classificação.”

A opinião de Grosjean é ecoada por Kimi Raikkonen, que, mesmo largando na terceira fila, não parece preocupado com a dificuldade em se ultrapassar no circuito de Valência.

“Será difícil, mas você tem de largar bem e normalmente nosso carro vai bem nas corridas”, afirmou o finlandês. “Se pudéssemos ter melhorado um pouquinho na última volta ganharíamos algumas posições, mas estou feliz porque foi melhor do que da última vez. Descobrimos algumas coisas no acerto pela manhã que tornaram o carro mais fácil de pilotar, então estou animado para amanhã.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Pilotos Kimi Raikkonen , Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias