Grosjean não vê mudança com novo diretor técnico na Lotus

"É bom que tenhamos alguém que conheça a equipe para assumir esse posto", destaca o francês em Barcelona

Romain Grosjean tem um diretor técnico novo na Lotus, mas não acredita que muita coisa mudará na equipe com a saída de James Allison e a promoção de Nick Chester. O francês, que está em sua segunda passagem na equipe de Enstone, tendo corrido pela Renault em 2009, lembra que o novo comandante conhece bem o time.

“Faz tempo que trabalho em Enstone, então conheço a maioria das pessoas de lá. Ele também está lá há muito tempo e temos uma boa relação. Ele é experiente e é bom que tenhamos alguém que conheça a equipe para assumir esse posto”, afirmou em entrevista acompanhada pelo TotalRace em Barcelona.

Falando sobre o GP da Espanha, o piloto espera confirmar que os problemas que sofreu com o carro foram eliminados com a troca de chassi, que permitiu que chegasse ao terceiro lugar no GP do Bahrein, última etapa.

“A preparação é mais ou menos a mesma. Foi bom termos resolvido as questões com o carro no Bahrein e tomara que tenha a mesma sensação aqui. Havia algo no carro que não combinava com minha pilotagem e finalmente conseguimos encontrar o que era. Isso mudou tudo.”

O francês destacou o fato de, mesmo quando não conseguia se entender com o carro, ter somado pontos, terminando todas as quatro primeiras corridas entre os 10 primeiros. “Dei meu melhor sempre, mesmo quando era difícil, e conseguimos marcar pontos. Quero continuar na mesma toada.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias