Grosjean: Ocon ignorou pedido de desculpas por toque

compartilhar
comentários
Grosjean: Ocon ignorou pedido de desculpas por toque
Por: Matt Beer
Co-autor: Oleg Karpov
28 de jun de 2018 17:15

Piloto da Haas na F1, Romain Grosjean está ainda mais convencido de que sua punição no GP da França foi absurda e afirmou que Esteban Ocon ignorou sua tentativa de se desculpar pelo toque que tiveram.

Romain Grosjean, Haas F1 Team, walks the circuit alongside colleagues
Esteban Ocon, Force India F1 on the drivers parade
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18
Esteban Ocon's Force India VJM11, is recovered
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18
Romain Grosjean, Haas F1 Team
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18, in the garage
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18

Os comissários em Paul Ricard deram 5s de punição a Grosjean pelo contato com Ocon na reta de largada, no último fim de semana.

Ele expressou sua surpresa pela punição e mostrou à imprensa no Red Bull Ring um vídeo que sentiu que o inocentava.

“Me diga: o que eu fiz de errado? É assim que eu consegui uma punição de 5s. Eu movi meu volante? Eu fiz algo?”, perguntou Grosjean.

“É um absoluto absurdo. É tudo o que eu posso dizer. Eu não podia saber que ele estava lá porque eu estava quase na beira da pista, então eu não esperava que haveria um carro ali.”

Grosjean disse que enviou uma mensagem de desculpas a Ocon, cuja corrida acabou após um choque com Pierre Gasly ainda na primeira volta, mas não teve resposta.

“Eu pedi desculpas. Mandei a ele uma mensagem dizendo ‘não te vi, desculpa’”, diz Grosjean.

“De qualquer forma, acho que ele arruinou sua corrida duas curvas mais tarde.”

Questionado pelo Motorsport.com se Ocon havia respondido sua mensagem, Grosjean disse: “Não. E eu voei com ele nesta manhã e ele não disse nada. Mas isso é outra história. O vi por uma hora e meia no avião. Está tudo bem. Era nossa corrida de casa e todos queriam ir bem.”

Grosjean brincou que os comissários “estavam tomando vinho rosê” quando decidiram penalizá-lo pelo acidente.

“Quando você vê as imagens, [Charles] Leclerc está me empurrando para a esquerda. Vou à esquerda e ele não se mexe muito”, acrescentou.

“Obviamente, não quero que minha asa dianteira se danifique, então movi um pouco para a esquerda também.”

“Recebi o vídeo nesta manhã e, quando eu vi, fiquei bem chocado que eu teha recebido uma punição por isso.”

Grosjean chegou a ficar em oitavo após o toque com Ocon e o contato posterior com Sebastian Vettel, mas acabou a prova em 11º - o que deu continuidade à sua campanha no zero em 2018.

Questionado se sentiu que a punição afetou sua corrida, Grosjean respondeu: “Muito. Obviamente eu não pude parar antes porque estávamos tentando abrir diferença para os carros de trás, e, quando você sabe que tem 5s, tenta permanecer na pista.”

“Mas então, obviamente, colocar pneus novos antes é uma vantagem. Nessas corridas de uma parada só, em que os pneus conseguem praticamente fazer a corrida inteira, isso acaba com sua corrida [permanecer na pista].”

“Quando é uma corrida de alto desgaste e há uma grande diferença em tempos de volta, então você consegue viver com isso e dar um jeito.”

Next article
Force India faz GP 200 na Áustria; relembre momentos do time

Previous article

Force India faz GP 200 na Áustria; relembre momentos do time

Next article

GP da Alemanha não será realizado em 2019, diz jornal

GP da Alemanha não será realizado em 2019, diz jornal
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da França
Localização Circuit Paul Ricard
Pilotos Romain Grosjean Shop Now , Esteban Ocon
Equipes Force India , Haas F1 Team
Autor Matt Beer