Grosjean precisa "pilotar com maturidade", diz Haas

Gene Haas diz que Romain Grosjean precisa adaptar estilo de pilotagem para ajudar equipe norte-americana a alcançar objetivos em temporada de estreia na Fórmula 1

Gene Haas, dono da Haas - equipe estreante na temporada 2016 da Fórmula 1 - não tem dúvida de que Romain Grosjean foi a escolha certa para liderar o time na primeira campanha na  categoria. Entretanto, o dirigente ressalta que o francês precisará olhar para alguns aspectos da pilotagem para ajudar a Haas a alcançar os objetivos no primeiro ano.

"Há muitos pilotos bons por aí, então não foi uma escolha simples. Mas queríamos um piloto com experiência na F1 e Grosjean se encaixa perfeitamente em nossos requisitos. Olho para os times de ponta e os pilotos deles são, em geral, mais maduros. Há espaço para pilotos jovens, mas não em uma equipe estreante", disse Haas em entrevista ao Motorsport.com.

Em seguida, o dirigente elogiou também Esteban Gutiérrez, companheiro de Grosjean na equipe norte-americana, destacando a vontade de ambos em mostrar serviço. "Acredito que os dois foram escolhas acertadas de nossa parte. Obviamente, um campeão do mundo provavelmente não viria para uma equipe novata", afirmou.

"Por outro lado, nenhum dos dois venceu corridas, então eles estão com fome. Esta é uma oportunidade para eles provarem que são capazes de triunfar na F1."

No entanto, Haas ressaltou que Grosjean precisa olhar para alguns aspectos da pilotagem para ajudar a equipe a conquistar os resultados desejados no primeiro ano.

"Romain precisa pilotar com maturidade, pois nossa estratégia é conquistar pontos. Não estamos aqui para conquistar títulos agora, então nossa abordagem será um pouco diferente comparada à das equipes grandes", completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Romain Grosjean , Esteban Gutierrez
Equipes Haas F1 Team
Tipo de artigo Últimas notícias