Grosjean se vê correndo na Haas até os “37, 38 ou 39 anos”

Piloto francês se diz disposto a ajudar equipe norte-americana no desenvolvimento a longo prazo na Fórmula 1

Na 13ª posição no mundial deste ano, Romain Grosjean planeja continuar ainda na Fórmula 1 por um longo tempo. O francês se vê na melhor forma apresentada durante sua carreira no campeonato e espera continuar no mundial por um bom tempo ainda.

Mais do que isso, Grosjean quer acompanhar a Haas em seu crescimento na tentativa de ser uma das principais equipes da F1.

"Estamos crescendo juntos", Grosjean disse à rádio francesa RMC.

"Tenho a vantagem de ter iniciado minha carreira na F1 com 27 anos, e agora tenho 31.”

"Eu me vejo continuar até os 37, 38 ou mesmo 39 anos. Ainda tenho muitos anos para frente. E se eu puder crescer com a Haas, por que não seguir?"

Grosjean inicialmente acreditava que talvez tivesse chance de se juntar à parceira técnica da Haas, a Ferrari. Mas essas esperanças se dissiparam com o tempo.

Ainda assim, se a Haas avançar e tiver um bom pacote no futuro, ele planeja lutar por vitórias com o time americano.

"Se me derem um carro para ganhar um GP, estou pronto para fazer isso hoje", acrescentou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias