Grosjean volta com "nova perspectiva" após cumprir suspensão

Francês destacou experiência fora do cockpit em Monza e diz que fará a estreia propriamente dita no circuito de Cingapura

Depois de ficar de fora do GP da Itália, suspenso após a batida na largada na Bélgica, Romain Grosjean volta ao cockpit da Lotus “mais bem preparado”.

Segundo o francês, o fato de ter acompanhado a última prova no pitwall da equipe, olhando os dados, lhe deu uma “nova perspectiva”, que poder ser útil daqui em diante. “O principal para mim em Monza foi estar no box sentindo o apoio da equipe. Foi muito bom e isso é algo de que o piloto precisa. Somos uma família e aquilo foi muito importante para mim. Além disso, estar com os engenheiro foi útil. Você cria uma nova perspectiva em relação à performance do carro, as diferenças e o que pode ser melhorado.”

Grosjean fará praticamente sua estreia no circuito, pois teve uma primeira experiência difícil em 2009, pilotando por uma Renault que vivia momentos turbulentos com o estouro do escândalo da armação da prova anterior no mesmo traçado asiático. “A corrida de Cingapura é muito especial por ser à noite. É uma cidade legal. Não tenho muita experiência no circuito, pois minha primeira prova foi em 2009 e foi um final de semana difícil, mas estou ansioso para voltar ao carro, conhecer um pouco melhor o circuito e colocar tudo em ordem para o resto da temporada.”

O francês destacou a importância da classificação e acredita que o carro se adaptará bem ao traçdo. “Quero me classificar bem, estar o mais próximo possível de Kimi em termos de performance e acertar tudo para o restante da temporada. É uma pista de alto downforce e isso parece ser melhor para nós, como vimos em Budapeste. Em termos de pneus também acho que será bom.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias