Gutierrez celebra volta do México, mas pede melhorias

compartilhar
comentários
Gutierrez celebra volta do México, mas pede melhorias
5 de set de 2013 10:44

Piloto da casa diz que circuito da Cidade do México precisa evoluir para chegar ao padrão da Fórmula 1

Eles ficaram 40 anos sem chegar ao pódio na Fórmula 1, mas parece que os mexicanos voltaram para ficar. Além dos dois pilotos, Sergio Perez e Esteban Gutierrez, e do forte patrocínio da gigante das comunicações Telmex, o país deve contar, a partir da próxima temporada, com um GP, disputado na Cidade do México.

O retorno mexicano ganhou força com a publicação do calendário provisório da próxima temporada e deve se confirmar até o final do mês. A última prova de Fórmula 1 disputada no país foi em 1992.

Na época, Gutierrez tinha apenas um ano. Agora, o piloto da Sauber comemora a notícia. “Seria o evento mais especial da temporada para Checo e para mim, podendo compartilhar fisicamente com todos que nos veem pela televisão. Seria extraordinário.”

Perguntado pelo TotalRace sobre o circuito, o mexicano admitiu que são necessárias reformas. “Não tenho muita informação, mas acredito que o circuito ainda vá mudar muito. Definitivamente, ele tem de se adaptar à Fórmula 1. Corri lá uma vez, em 2008 com a Fórmula BMW e acredito que ele possa se adaptar, desde que sejam feitas as mudanças necessárias.”

Quem também se animou com a expectativa de ter a quarta corrida nas Américas na próxima temporada foi Pastor Maldonado, que espera ver seus compatriotas venezuelanos tanto no México, quando nos Estados Unidos, Canadá e Brasil.

“Primeiro, as quatro são perto de casa e isso ajuda um pouco ao mercado venezuelano, para que eles possam ir mais às corridas”, salientou ao TotalRace. “A corrida no México é muito importante para a América Latina. É um grande mercado, as pessoas gostam muito da Fórmula 1 e do automobilismo em geral. Estou contente em ir para lá e estou certo de que haverá muitos venezuelanos presentes.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Um ano depois, Grosjean relembra suspensão: "Não foi algo bom"

Previous article

Um ano depois, Grosjean relembra suspensão: "Não foi algo bom"

Next article

Mercado segue agitado após confirmação de Ricciardo na Red Bull

Mercado segue agitado após confirmação de Ricciardo na Red Bull
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Pastor Maldonado , Esteban Gutierrez Shop Now
Tipo de matéria Últimas notícias