Gutierrez diz que seu chassi foi quebrado por guindaste

Voltando na Inglaterra após reparos, chassi utilizado na Austrália pelo mexicano será suplente neste final de semana

O acidente em Melbourne que tirou Fernando Alonso do GP do Bahrein também teve baixas para a equipe Haas. O chassi de Esteban Gutierrez foi quebrado, e teve de ser reparado antes deste final de semana. Porém, o piloto revelou que não foi o acidente que danificou seu assoalho.

"Houve algum dano na parte traseira do assoalho chão, mas o chassi quebrou no guindaste", disse Gutierrez.

"Não foi quebrado, só ficou rachado."

Chefe da equipe, Gunther Steiner disse que o dano ao carro foi menor do que se pensava inicialmente, e que o chassi de Melbourne estará pronto para ser usado como reserva no Bahrein.

"O dano ao chassi não foi tão ruim como eu pensava que seria", disse Steiner. "Ele foi danificado, mas não foi assim tão mal.”

"Está tudo resolvido agora. O carro já foi ligado e por isso vai estar pronto para amanhã.”

"Nós andamos com este chassi já no teste. Este é o nosso chassi de reposição. O que foi danificado em Melbourne chegou ontem, porque tivemos que enviá-lo de volta para a Inglaterra para consertar."

Enquanto seu companheiro Romain Grosjean acabou em sexto na estreia da equipe americana, Gutierrez avalia que sem o seu acidente poderia ter também terminado no top-10 na Austrália.

"Eu acho que os pontos eram possíveis", acrescentou. "É muito difícil dizer e julgar neste momento, mas o ritmo do carro estava bom.”

"Agora vai ser interessante ver o nosso ritmo neste tipo de pista, como Bahrein e China, que é obviamente muito diferente de Melbourne.”

"Acho que vamos descobrir uma sensação mais consistente sobre onde estamos em termos de competitividade."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pista Bahrain International Circuit
Pilotos Esteban Gutierrez
Equipes Haas F1 Team
Tipo de artigo Últimas notícias