Gutierrez minimiza desentendimento com Steiner

Piloto mexicano afirmou que ambos deram risadas após episódio acontecido no GP do Brasil

As câmeras mostraram Esteban Gutierrez irritado, sendo agarrado pelo braço por Gunther Steiner, que não parecia impressionado, depois que o mexicano jogou suas luvas no chão após outro abandono.

Mas Gutierrez, que vai deixar a equipe no final da temporada, disse que não estava zangado com ninguém em particular, insistindo que não tem problemas com Steiner.

"Foi apenas o momento errado ", disse Gutierrez ao Motorsport.com. "Eu não estava com raiva de ninguém, eu estava com raiva da situação. Tem sido assim na temporada, sempre que tenho uma oportunidade, algo dá errado."

"Eu não estou culpando ninguém especificamente, Gunther se aproximou de mim no momento errado e explodi. Havia um pouco de paixão lá."

"Nós rimos depois, é importante deixar claro que foi apenas a situação, o momento errado, você pode entender que às vezes a adrenalina está alta."

O mexicano acrescentou que ficou frustrado depois que questões técnicas lhe custaram uma chance de marcar seus primeiros pontos de 2016 em sua penúltima prova na equipe.

"Foi divertido por um lado, porque era muito bom dirigir nessas condições", disse ele. "Foi muito complicado, mas quando começamos a correr, começamos a recuperar posições, começamos a avançar com bom ritmo e com uma boa oportunidade de marcar pontos. E então comecei a ter esse problema eletrônico."

"Foi realmente doloroso, porque estar nessa posição, com uma oportunidade de marcar pontos, acabei com um problema que não está em minhas mãos. Tivemos que parar, era realmente muito perigoso pilotar daquela forma."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pista Interlagos
Pilotos Esteban Gutierrez
Equipes Haas F1 Team
Tipo de artigo Últimas notícias