Haas admite "surpresa" com contratação de Grosjean

Dono de equipe norte-americana, que estreia na F1 em 2016, celebrou chegada do piloto francês e se mostrou "surpreso" por ter conseguido atrair para time um piloto de ponta.

Romain Grosjean, que até o final de 2015 terá feito temporadas completas na F1 apenas pela Lotus, foi anunciado nesta terça-feira (29) como o primeiro piloto da Haas, que estreia na categoria na próxima temporada.

O dono do time, Gene Haas, falou sobre a contratação do francês e se revelou surpreso por poder ter levado para a equipe um piloto que ele considera de alto nível. "Nosso objetivo é brigar com equipes competitivas e fazer o que for preciso para ter as pessoas mais indicadas em nossos carros. Romain é um dos 20 pilotos atualmente na F1 e se encaixa em nosso perfil perfeitamente", disse.

"Estou, no entanto, um pouco surpreso por termos conseguido contratar um piloto com a bagagem que ele tem para fazer parte de nossa equipe. Será um enorme desafio e ele vai trabalhar muito mais duro do que imagina. Ele é uma das peças do quebra-cabeça, será nosso primeiro piloto e dependeremos diretamente dele em nosso carro, nossa estratégia, nas pistas - em todo o aprendizado da operação", afirmou.

Haas reconheceu também que o time estava sofrendo pressão para contratar um piloto norte-americano, mas insistiu no conceito de que encontrar um piloto experiente era fundamental.

"A verdade é que um piloto novato em uma equipe nova não é o cenário ideal. Nossa meta aqui é provar, como uma equipe norte-americana, que nós podemos disputar o campeonato de automobilismo mais difícil e competitivo do mundo, que é a F1. Para alcançar nosso objetivo, faremos o que for necessário".

Conversas começaram em Barcelona

O chefe do time norte-americano, Gunther Steiner, revelou que Grosjean era um entre alguns candidatos à vaga na Haas e as conversas com o francês duraram alguns meses.

"Eu iniciei as conversas com os responsáveis pela carreira de Grosjean em Barcelona, queria saber se ele teria interesse em se juntar a nós. Conversamos com outros pilotos também, mas no final eu conversei com nossos engenheiros sobre Romain, sobre como ele desenvolve o carro, pois temos uma 'montanha para escalar'", disse. 

"Precisamos de alguém que saiba o que está fazendo e acho que encontramos a pessoa mais indicada. Ele ainda é agressivo na medida certa, ainda está com 'fome'. Conseguimos exatamente o piloto de que precisávamos, agora estamos ansiosos para trabalhar com ele", completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Anúncio de Romain Grosjean na Haas F1 Team
Pilotos Romain Grosjean
Equipes Haas F1 Team
Tipo de artigo Últimas notícias