Haas diz que meta para 2018 é estar a 0s5 da Ferrari

compartilhar
comentários
Haas diz que meta para 2018 é estar a 0s5 da Ferrari
Por: Lawrence Barretto
16 de fev de 2018 16:21

Dono da equipe norte-americana espera melhora de um segundo em seus carros para esta temporada

Gene Haas, Team Owner, Haas F1 Team, Ross Brawn, Managing Director of Motorsports, FOM
Haas F1 Team 2018 livery
Haas F1 Team 2018 livery
Haas F1 Team 2018 livery
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17
Wheel gun trophy presented by Gene Haas, Team Owner, Haas F1 Team
Guenther Steiner, Team Principal, Haas F1 Team, Gene Haas, Team Owner, Haas F1 Team, at the Haas F1 Teams home race photo call

Depois de duas temporadas medianas e sólidas, a Haas quer dar um passo à frente neste ano. O time espera ficar a 0s5 de sua parceira, a Ferrari, que no ano passado foi vice-campeã de equipes e pilotos.

"Não é segredo que nós usamos muitos equipamentos da Ferrari, então estamos usando eles como nossa linha de base", disse o proprietário da equipe, Gene Haas.

"Precisamos estar dentro de meio segundo das Ferraris para que possamos ser competitivos. Nós não estivemos bem assim no ano passado. Eu diria que éramos de 1s a 1s5 mais lentos que as Ferraris.”

"No geral, nós estivemos talvez a 2s das poles, então precisamos melhorar 1s se quisermos ser competitivos."

A Haas esteve na disputa para terminar em sexto no campeonato de construtores do ano passado, mas terminou dez pontos atrás da Renault e a seis da Toro Rosso. No entanto, terminar em oitavo pelo segundo ano foi um resultado sólido para uma equipe nova, e Haas acredita que a forma como o time chegou à F1 é digna de respeito dos rivais.

"Agora somos uma das equipes, no ponto que, se estivermos na frente de Lewis Hamilton ou quem quer que seja, eles não vão se perguntar: ‘quem são esses caras?", disse Haas.

"Eles sabem quem somos e acho isso bom. Em dois anos, nós sobrevivemos. Nós mostramos que podemos competir neste nível, e os times que ficaram à nossa frente não estavam muito longe.”

"Tenho certeza de que os times na nossa frente ficaram muito felizes por terem terminado na nossa frente, porque agora é como se tivessem outro concorrente para lidar."

Haas admitiu que o ano de 2017 foi "mais difícil" porque a "competição foi mais intensa".

Ele acrescentou: "no primeiro ano, parecia que tínhamos mais equipes como rivais”.

"No segundo ano, pareceu que muitas dessas equipes resolveram seus problemas e, de repente, conseguiram ser muito mais rápidas. O grid está ficando mais junto e todos estão melhorando”.

Próxima Fórmula 1 matéria
GALERIA: Veja todos os carros da Williams desde 1978

Previous article

GALERIA: Veja todos os carros da Williams desde 1978

Next article

Force India troca de fornecedor de lubrificantes

Force India troca de fornecedor de lubrificantes
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Haas F1 Team
Autor Lawrence Barretto
Tipo de matéria Últimas notícias