Haas: inexperiência nos custou o quarto lugar em 2018

compartilhar
comentários
Haas: inexperiência nos custou o quarto lugar em 2018
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
Co-autor: Edd Straw
4 de dez de 2018 13:43

Gunther Steiner reconhece que oportunidades perdidas renderam derrota para a Renault, mas garante que está feliz com o quinto lugar

O chefe da Haas, Gunther Steiner, afirmou que a inexperiência de seu time foi o que custou o quarto lugar no Mundial de Construtores de 2018, quando foi derrotada pela Renault.

A equipe americana teve uma briga parelha com a Renault pela posição de “melhor do resto” atrás das ponteiras até o fim da temporada.

Mas, por mais que tenha perdido a batalha por 29 pontos, Steiner afirmou que não deve haver arrependimentos sobre seu desdobramento – especialmente devido aos erros que custaram a posição.

“Acho que foi nossa culpa que não tenhamos terminado em quarto”, disse Steiner. “É parte do aprendizado que temos como uma equipe.”

“Nunca podemos nos esquecer de que estamos somente em nossa terceira temporada. Terminar em quinto é ótimo – sendo a primeira entre as privadas, eu diria, porque os caras da frente são todos de fábrica, com exceção da Red Bull, que trabalha como uma equipe de fábrica.”

“Sempre há o pensamento de que poderíamos ter sido quartos, mas ‘poderíamos’ e ‘seríamos’ não te dão nada. Então, decidi ficar feliz com o quinto lugar.”

Steiner está ciente das oportunidades perdidas por parte da equipe, especialmente na abertura da temporada, na Austrália, quando erros nos pitstops custaram potenciais quarto e quinto lugares.

No entanto, ele diz que o mais importante disso tudo foi a oportunidade de aprender com o que deu errado para não repetir as mesmas falhas.

“Para mim, é importante que, se você comete um erro uma vez, não está OK, mas o importante é que você não cometa o erro por uma segunda vez”, disse. “É isso que chamamos de aprendizado.”

“Como aconteceu com os pitstops. Tivemos aquele desastre na Austrália, mas não tivemos outro erro depois daquilo, então estamos bem.”

“Precisamos apenas garantir que estamos em uma boa posição, porque os pitstops depois da Austrália foram com certeza mais lentos do que deveriam, mas era a coisa certa a se fazer até que recuperássemos nossa confiança e retornássemos ao processo.”

“Reagimos da forma correta. Ninguém estava lá para culpar os outros. Dissemos: ‘OK, precisamos melhorar isso’, e melhoramos. É uma das coisas em que melhoramos neste ano.”

“Há muitas outras coisas que vocês não conseguem ver de fora. É algo de muita disciplina.”

“Acho que melhoramos porque cometemos um erro e decidimos que iremos corrigir, e todos que estão atrás irão corrigir. Nossa equipe está muito bem.”

Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18

Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18

Photo by: Steven Tee / LAT Images

Next article
F1 anuncia uso de inteligência artificial em gráficos de TV em 2019

Previous article

F1 anuncia uso de inteligência artificial em gráficos de TV em 2019

Next article

Hamilton projeta disputa com Vettel e Bottas por título em 2019

Hamilton projeta disputa com Vettel e Bottas por título em 2019
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Haas F1 Team
Autor Jonathan Noble