Haas retoma conversas sobre testes para Pietro Fittipaldi

compartilhar
comentários
Haas retoma conversas sobre testes para Pietro Fittipaldi
27 de set de 2018 12:44

O chefe da Haas, Gunther Steiner, confirmou que deverá retomar as conversas com Pietro Fittipaldi para que o brasileiro realize um teste com a Haas ao fim do ano.

Fittipaldi teve sua temporada de 2018 afetada por um forte acidente sofrido nas 6 Horas de Spa do WEC, em maio, que lhe rendeu fraturas nas pernas. Àquela altura, Steiner disse que conversava com Pietro e sua família sobre a possibilidade de um dia de testes a bordo do carro VF-18.

Agora que o piloto está totalmente recuperado fisicamente e já encerrou sua temporada na Indy, Steiner acredita que a situação com o brasileiro deverá avançar.

“Conversei com ele na última semana e ele está bem após sua lesão, e agora começamos a conversar novamente sobre um teste no fim do ano. Não chegamos a uma conclusão ainda, mas planejamos conversar após o GP do Japão, nos Estados Unidos, já que ele vive a apenas 15 minutos de distância. Então, podemos nos encontrar e ver o que podemos fazer.”

Questionado sobre a possibilidade de Fittipaldi ser reserva no time em 2019, Steiner foi reticente: “Não conversamos sobre isso ainda. Precisamos ir passo a passo.”

A Haas participará de sessões de testes somente após o término da temporada, no treino coletivo que será realizado em Abu Dhabi.

Decisão sobre dupla virá em breve

Kevin Magnussen, Haas F1 Team, on the grid

Kevin Magnussen, Haas F1 Team, on the grid

Photo by: Zak Mauger / LAT Images

Steiner afirmou que pretende definir sua dupla de pilotos para a temporada de 2019 da F1 nas próximas semanas, mas acrescentou que o destino de nomes como Esteban Ocon e George Russell é “problema da Mercedes”.

Oficialmente, a Haas ainda não confirmou nenhum nome para o próximo ano. No entanto, espera-se que Kevin Magnussen seja confirmado, sendo que há a possibilidade de Romain Grosjean também permanecer no time.

Steiner revelou, porém, que a decisão final não deve demorar. “Será nas próximas semanas, antes do [GP do] Japão”, disse.

Sobre Grosjean, o dirigente acrescentou: “Desde que ele encontrou a ‘chave’, acho que ele está rendendo muito bem, de volta ao que ele era antes de ter essa queda de performance no começo da temporada.”

Steiner afirmou que seu radar está aberto a outros pilotos, embora a situação de Ocon e Russell, pilotos ligados à Mercedes, deverá ser resolvida pela fabricante alemã.

“Sempre consideramos isso porque eles são bons pilotos, mas também temos de cuidar de nós mesmos como equipe. Acho que o problema é que a Mercedes encontrou talento demais e agora ela não tem onde colocá-los. Isso não deveria ser um problema para os outros.”

“É um bom problema para ter, mas ela precisam resolvê-lo sozinha, na minha opinião.”

Reportagem adicional de Scott Mitchell

Próxima Fórmula 1 matéria
Prost sobre Senna: “sei de algumas coisas que nunca vou falar”

Previous article

Prost sobre Senna: “sei de algumas coisas que nunca vou falar”

Next article

Ocon: Williams é minha única esperança de seguir na F1

Ocon: Williams é minha única esperança de seguir na F1
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Pietro Fittipaldi
Equipes Haas F1 Team
Tipo de matéria Últimas notícias